Resgatando Moda: Quepe, Óculos Vintage e Lentes Coloridas

Não é de hoje que a moda tem resgatado as tendências do passado e muito menos a primeira vez que falamos disso por aqui. Peças com um toque vintage tem sido as mais desejadas nos últimos tempos e, como não podia ser diferente, venho compartilhar as novidades mais quentinhas pra vocês!
 

Quepe
Tá aí uma tendência polêmica e que é difícil de agradar a todos. O quepe já vinha sido visto na cabeça de várias it girls por aí, mas o momento definitivo que o marcou como tendência foi a divulgação da capa da Vogue de setembro do Japão – nada mais, nada menos, do que seis modelos, todas vestidas com o acessório na cabeça. Não da pra contradizer, né? O chapeuzinho tem uma inspiração militar, usada por pilotos e marinheiros, e seu visual oscila entre o certinho e o descolado. Quem aí tem coragem de botar o quepe pra jogo?
 

Óculos Vintage
Se for pra pensar em óculos com uma pegada mais antiguinha, aposto que os modelos gatinhos, com as lentes bem alongadas para os lados e um pouco menores na altura é o primeiro que vem na cabeça de muitos. Pois é gente, eles voltaram! Os óculos que faziam sucesso nos anos 90 estão mais atuais do que nunca e prometem fazer muito sucesso em terras brasileiras no próximo verão.
 

Lentes Coloridas
Mais uma trend que a gente jurou que nunca ia voltar e até relutou um pouquinho quando apareceu. Saindo de uma era de lentes espelhadas, as coloridas e transparentes são a aposta da vez. Resgatada dos anos 80 e 90, é algo fácil de trabalhar e a proposta do acessório é tirar a seriedade do look, sem deixar o estilo de lado. Olha só como fica um arraso – tanto combinada aos modelos mais modernosos, quanto com os mais antiguinhos.

Tendência de Make: Sombra Vermelha

Quem aí já sabe qual a maior aposta do momento quando o assunto é maquiagem?


A gente já é apaixonada pelas sombras de tons neutros, já que eles combinam com tudo e se encaixam em todas as tonalidades de pele. A cor da vez, no entanto, pode causar um pouquinho de medo no início – mas, aposto que depois desse post vocês vão estar morrendo de vontade de experimentar a nova tendência!

Acertou quem pensou no vermelho! A cor tem sido vista por aí com frequência nos olhos das fashionistas e, principalmente, nas makes dos red carpets. Isso porque a tonalidade deixa a produção mais fun, ainda sem perder o ar sofisticado. A tendência é resgatada dos anos 80 e promete sucesso nessa temporada.

Uma dica, pra quem ainda está receosa, é misturar a cor suavemente com a sombra marrom, dando apenas um toque avermelhado. Dessa forma, o olho continua na paleta de cores sóbrias. Outra dica é combinar a sombra com o batom nude – dessa forma, o vermelho vai ser a única cor presente no rosto, o que diminui o choque. Para as mais ousadas, vale lembrar que o vermelho compõe um visual glam perfeito quando combinado com prata e dourado. Vamos conferir alguns exemplos?

Penteados: Qual o Melhor Para Você?

A gente não costuma usar penteados muito elaborados no dia-a-dia, e, pela falta de prática e costume, é comum termos dificuldade a escolher o que mais combina com a gente quando queremos fazer algo diferente com as madeixas para uma festa, por exemplo.

Por isso, hoje vamos dividir os tipos de rosto em duas categorias – os rostos longos e os rostos curtos – e entender o que funciona melhor para cada um deles.
Lembrando que, pra analisar isso, não importa se seu rosto é mais magrinho ou cheinho, estamos falando da proporção da largura x altura. Mais precisamente, se ele é mais alto ou mais largo.
 

Se você acha que seu rosto é mais curto… o ideal aqui é criar um penteado que dê a sensação de rosto mais alongado. Topetes e muito volume no topo da cabeça dão muito certo para criar essa ilusão, assim como coques e rabos presos beeem lá no alto. Franjas são um risco, já que elas tendem a cortar ainda mais a silhueta do rosto. Vamos ver alguns exemplos?
 

Agora, se você acha que seu rosto é longo… temos que inverter a história do volume, certo? Dessa vez, o melhor é evitar o volume na raiz e trazê-lo para as laterais. Ondas largas, presinhos do lado, franja lateral comprida… tudo que traga ao seu rosto o equilíbrio necessário, dessa forma aqui:

Celulite: Mitos e Verdades

Oi pessoal! Vamos falar de algo que incomoda a maioria de nós, mulheres: celulites!
A gente já sabe que alguns hábitos alimentarias e a falta de exercício influenciam bastante nisso.
Mas, o que mais pode contribuir?

  • A genética é uma das culpadas – ela pode aparecer com mais facilidade em umas pessoas do que em outras apenas por fator genético.
  • Não são somente as pessoas acima do peso que estão propensas a ter celulite. Qualquer um pode ter. Quem costuma reter mais liquido, geralmente, é quem mais pode desenvolver os furinhos.
  • Muita gente se pergunta se a drenagem linfática faz efeito – e ela ajuda sim, galera! O problema é que o procedimento dá apenas uma suavizada na aparência da pele, mas não cura a celulite completamente – o que exerce esse papel são apenas boa alimentação e exercícios regulares.
  • Sabiam que até usar roupas muito apertadas podem contribuir para os furinhos aparecer? Isso porque o tecido colado à pele acaba prejudicando a circulação, o que causa a celulite.
  • Ingerir muito doces, com altos níveis de açúcar, podem contribuir para o problema. Isso porque o nosso corpo o armazena como uma forma de gordura, facilitando o aparecimento da celulite.
  • Além dos exercícios, consumir muita água também é de boa ajuda. Isso porque a água faz com que o corpo elimine as toxinas que causam os furinhos e ela ainda equilibra os minerais do corpo.

Depilação: Como Não Irritar a Pele

Quem disse que cuidar da beleza é fácil? Tenho certeza que muitos de vocês compartilham desse mesmo problema: a pele irritada após a depilação! Pra quem não sabe, isso é muito comum e acontece quando o pelo não consegue ultrapassar a camada da pele quando está crescendo, o que faz com que ele se curve e penetre novamente na pele, causando um pelo encravado, ou, na tentativa de sair, acaba causando uma inflamação.
Por isso, trago hoje para vocês algumas dicas super úteis para não deixar isso acontecer!
 

  • Uma esfoliação – mesmo que rapidinha, feita no banho – pode ajudar bastante. Isso porque, com ela, os poros dilatam, as células mortas são removidas e a passagem para os novos pelinhos é aberta livremente.
  • Uma boa ideia é deixar pra se depilar depois do banho. Isso porque, quando a nossa pele fica em contato com o vapor da água, os poros dilatam e os pelos ficam mais macios, saindo de forma mais fácil e suave.
  • Vocês sabiam que, ao se depilar com giletes, o ideal é dar preferência para aquelas com mais lâminas? Quanto mas lâminas ela tiver, menor é a pressão feita com aparelho e os pelos são eliminados mais rápido, evitando o contato repetitivo com a pele.
  • Aposte nos produtos especiais para o momento. Creme de barbear sempre são a melhor pedida, pois eles ajudam a hidratar a pele – muito mais que sabonetes.
  • Seja com cera, gilete, pinça ou qualquer outra forma de se depilar, evite insistir diversas vezes no mesmo lugar. O movimento em excesso agride a raiz do pelo, o que pode causar irritação e coceira.
  • Vocês sabiam que não basta apenas lavar as lâminas com água e sabão? O ideal, para uma boa higiene, é passar álcool e enxaguar com água quente! Além disso, é uma boa mantê-la fora do box, em um lugar menos úmido – a umidade faz com que as bactérias se acumulem com mais facilidade.
  • Após a depilação, se preocupe em manter a pele bem hidratada e invista em produtos que prometem acalmar e refrescar.