Mitos x Verdades Que Todo Mundo Conta

E ai, galera! Pra quebrar um pouco a rotina, o post de hoje é um pouco diferente do que vocês costumam ver por aqui – mas acredito que vão gostar bastante!
Vou contar pra vocês a verdade sobre alguns mitos que, até agora, pensávamos serem reais! Preparados?
 

  • Dizem que nós só temos capacidade para utilizar 10% do cérebro. Gente, a verdade é que podemos, sim, utilizar a capacidade total do cérebro: mas usamos áreas diferentes em momentos diferentes.
  • Quem nunca ouviu dizer que, ao engolir um chiclete, ele vai ficar grudado no nosso estômago?! Não é verdade – o chiclete é expulso do nosso organismo pelos movimentos musculares do órgão.
  • Raspar os pelos podem deixa-los mais grossos. Isso não acontece, gente! O que ocorre é que, quando aparamos as pontas dos fios, o que começamos a sentir é a base do pelo, que tem a característica de ser mais grossa – mas isso não tem nada a ver com a lâmina, já que, após o pelo ter crescido, sua textura volta a ser a mesma.
  • A Grande Muralha da China pode ser vista do espaço? Ela até pode, mas não com a facilidade que costumamos ouvir por aí. Ela tem mais de 7 mil km, porém, só é possível enxerga-la em condições e pontos específicos lá de cima, já que a luz e as condições de tempo podem atrapalhar nisso.
  • Um raio não cai duas vezes no mesmo lugar? Isso é mito, pessoal! Alias, vocês sabiam que o Empire State Building é atingido, pelo menos, 100 vezes ao ano?
  • Olha que curioso: memória fotográfica não existe! Existem, sim, pessoas com memórias muito boas e que conseguem gravar inúmeros detalhes – mas ninguém consegue registrar em sua mente algo tão perfeitamente como uma fotografia.
  • Sabe quando ficamos muito tempo na piscina ou tomando banho e a ponta de nossos dedos fica toda enrrugadinha? Diferente do que pensamos, isso não acontece porque a pele absorve muita água, mas sim porque o nosso organismo trabalha para que possamos conseguir ter mais aderência em ambientes úmidos, não escorregando e nem deixando objetos escaparem de nossas mãos.

Especial: Cuidado Para as Peles Negras

Vocês sabiam que o mercado da moda e da beleza ainda é bastante carente em relação às mulheres negras? Em uma pesquisa feita pela The Fashion Spot, foi apontado que apenas 8% das modelos que estampam grandes campanhas são negras. Além disso, elas relatam que são poucas as marcas de maquiagem que possuem uma variedade de cores que atenda as nuances das peles negras e, ainda, que muitos maquiadores profissionais são despreparados para lidar com as peles mais escuras.

Por isso, o post de hoje vai ser um especial, recheado de dicas e esclarecimentos sobre como deve ser o cuidado das peles negras. Bora conferir?
 

É preciso saber que a pele negra possui um alto nível de melanina e que, sim, isso promove uma proteção natural maior do sol – o fator de proteção é estimado em 13,4. Mesmo assim, o uso de protetor solar é indispensável! FPS 15, no mínimo, é o indicado – até mesmo porque a abundância de melanina faz com que as peles negras sejam mais propensas a desenvolver manchinhas. Isso acontece porque, quando a pele precisa passar por algum processo de cicatrização, a pigmentação da pele é ativada, então qualquer pequeno machucado inflamado ou irritação pode acabar resultando em uma mancha. O ideal aqui é prevenir: produtos com vitamina C e ácido fítico são altamente indicados para minimizar as chances das manchinhas indesejáveis aparecerem.

Muitos pensam que a pele negra é, sempre, oleosa. A verdade é que a pele negra pode ser de todos os tipos – oleosa, normal, mista e seca. O que acontece é que a pele oleosa é mais comum entre os negros, uma vez que a secreção das glândulas sudoríparas é maior nesse tipo de pele. Muita hidratação e produtos free oil são os must have desses casos!

Um dos maiores pontos positivos é que a pele negra possuí mais colágeno – o que a torna mais elástica e resistente aos efeitos de idade. Por isso, ao escolher uma maquiagem, por exemplo, não é preciso se preocupar tanto com os produtos mais densos, que costumam acumular nas linhas das peles.

É muito importante saber se o fundo da sua pele é amarelado ou rosado. Isso porque, quando aplicado um tom muito diferente do seu, o risco que a pele fique acinzentada é gingantesco! Já fiz post aqui no blog, explicando tudo para descobrir qual seu subtom – se você ainda não conferiu, clique aqui!

Guia do Curvex

Galera, isso aqui até eu fiquei surpresa em saber: vocês sabiam que existem diferentes tipos de curvex indicados para diferentes tipos de cílios?

Já sabemos que o uso do aparelho deve ser feito com cuidado, já que há o risco do acessório acabar quebrando os cílios. Além disso, os dermatologistas indicam que a troca da borrachinha deve ser feita semestralmente e a limpeza do objeto, frequente. É um produto que entra em contato muito próximo com os olhos e, por isso, é essencial que esteja bem cuidado e higienizado.
 

Mas gente, vocês sabiam que os curvex convencionais, são indicados apenas para os cílios médios e longos? Isso porque a curvatura dos cílios tende a pegar mais nesses tipos de cílios e, quando muito curtos, o curvex comum não consegue se encaixar e curvar os cílios tão bem – sem contar o fato do risco de machucar as pálpebras.

O mais indicado, para os cílios mais curtos, são os curvex térmicos! Ele consegue modelar os fios com menos contato e atingir até os pelinhos mais difíceis de modelar. Ainda assim, manusear um desses deve seguir os cuidados indicados, mas a garantia de eficácia é certa!

Decor: Móveis de Vime

Post de decoração na área e hoje vamos falar de um estilo de decor bem diferente de tudo o que já apareceu por aqui.

A próxima aposta do pinterest são os móveis de vime! As peças, que a gente vê com mais frequência colocadas na varanda, no quintal e até em sítios, chega com tudo invadindo os ambientes fechados.
 

A ideia não é uniformizar os móveis e tê-los todo do mesmo material, mas sim, colocá-los em meio à mobília convencional, fazendo um contraste bonito e interessante. O vime trás uma pegada mais rústica, beirando o rural, e funciona de diversas maneiras e para diversos ambientes. A cara do minimalismo, dá para incrementar e deixar ainda mais bonito, investindo em objetos mais mordemos – seja um vaso metalizado em cima da cômoda de vime, ou uma almofada de pelúcia em cima da cadeira de vime. Vamos ver algumas referências?

Truques: Diminuindo as Olheiras

Acho que todo mundo se incomoda um pouquinho quando as nossas olheiras estão um pouco mais intensas, né galera? Mas, vocês sabiam que existem alguns pequenos truques, além do corretivo e da base, para camuflar bem elas e até para tratar a longo prazo? Deem só uma olhada!
 

Batom Vermelho
Parece estranho né gente, mas o batom vermelho serve como um corretivo power para esconder as manchinhas em tons azulados e esverdeados. Isso porque a cor vermelha acaba cancelando as outras tonalidades. A dica é usar um batom que não seja tão pigmentado – para ser mais fácil de cobrir a cor com a base depois e não deixar a área rosada – e dar preferência aos mais cremosos, que não secam tão facilmente.
 

Bicarbonato de Sódio
Vocês sabiam que o bicarbonato de sódio contem propriedades anti-ácidas? Reconhecido pelo poder de limpeza, essas propriedades podem ajudar a clarear a pele! A dica é misturar o ingrediente com duas colheres de água morna e misturar, até que a consistência lembre uma pasta. Depois, é só aplicar com um algodão e deixar agir por cerca de 10 minutos, tirando a misturinha com água ao terminar. O uso constante e contínuo dessa receitinha promete suavizar as manchinhas da região.
 

Café e Óleo de Coco
O café é antioxidante e o óleo de coco possui um poder de hidratação super profundo. Quando colocados juntos, eles são a receita ideal para suavizar as manchinhas na região dos olhos. É só juntar uma colher de cada ingrediente e misturar. Aplique abaixo dos olhos com cuidado, utilizando um pincel ou a pontinha dos dedos. Depois, é só retirar com um algodão molhado após deixar agir por cerca de 15 minutos. A pele vai ficar meio meladinha por conta do óleo de coco, mas o ideal é que a gente não tire esse excesso com água, e sim, que o deixe hidratando ainda mais a pele, até que seja completamente absorvido.