Cultura

Oscar 2017

Galera, hoje a gente dá uma pausa na folia do carnaval pra falar de uma celebração que é tão aguardada quanto: a 89ª edição do Oscar! 
Consagrando os melhores filmes do ano de 2016, a cerimônia foi comandada pela primeira vez por um dos mais famosos apresentadores americanos: Jimmy Kimmel, que animou o público  com muito humor e muitas alfinetadas. Um dos seus momentos que mais chamou atenção na noite, foi quanto ele pegou seu celular e enviou um Tweet para o então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, perguntando o porquê ele ainda não havia twitado sobre o Oscar, junto a um belo #Merylsayshi (#Meryldizoi), fazendo referência ao discurso da atriz no Globo de Ouro em crítica ao Trump.
 

Falando nos favoritos da noite: as apostas se concretizaram e o musical La La Land fora mesmo o mais premiado da noite. O filme estava indicado em 14 categorias (só o filme “Titanic teve tantas indicações assim!) e acabou faturando 6, incluindo Melhor Direção e Melhor Atriz pra linda Emma Stone, que se emocionou demais ao subir ao palco para receber a estatueta. Já Damien Chazelle se consagrou como o diretor mais jovem a receber um Oscar, com apenas 32 anos de idade. 
Outro destaque da noite foi o drama Moonlight, que faturou 3 prêmios, incluindo a categoria mais importante da noite: Melhor Filme. Aí que vem o bafo, gente: os atores Faye Dunaway e Warren Beatty (eternos Bonnie e Clyde, que subiram ao palco em comemoração aos 50 anos do icônico filme) receberam o envelope errado na hora de anunciar o prêmio! O papel nas mãos deles era referente à categoria anterior, contendo o nome de Emma Stone e La La Land. O ator se mostrou confuso, mas acabou anunciando o musical como o Melhor Filme e, quando a equipe deste já estava no palco, com o prêmio em mãos e fazendo o discurso de agradecimento, a produção teve que interromper para revelar o erro e contar que a estatueta ia, na verdade, para Moonlight! Que situação, né? Olha o momento aqui pra quem não conferiu!
 

LOOKS
Dramas à parte, agora vamos falar da nossa parte favorita do evento: os looks! As composições do Oscar são, certamente, uma das mais esperadas da maratona de premiações, já que o dresscode do evento é mais rigoroso e exige aquele glamour a mais. As celebridades, é claro, não decepcionaram e foram trabalhadas nos longos com tecidos bordados, brilhantes e texturizados. Os mais simples, foram complementados com acessórios mais exuberantes para o equilíbrio perfeito. E ai, qual o preferido de vocês?

Especial Carnaval: A História do Carnaval

O carnaval surgiu na antiguidade e era uma festa que celebrava os deuses pagãos e a natureza, e só foi reconhecido pela igreja e incluído no calendário cristão muitos séculos depois. 
Aqui no Brasil, a maior influência do carnaval foram as festas de rua portuguesas, que consistiam em jogar farinha, ovo e tinta nas pessoas no meio da folia. Mas, ao longo do tempo, a festa foi sofrendo cada vez mais influências do folclore indígena e da cultura africana. E, tudo isso junto, acabou desencadeando o carnaval que a gente conhece hoje – comemorado em todo o país, mas, diferente em todo canto; o Rio é famoso pelos desfiles de escola de samba, a Bahia pelos trios elétricos e festas intensas e animadas, e Minas, São Paulo e Pernambuco pelos carnavais de rua.

Ainda não se sabe ao certo a exata origem do carnaval, mas, ao que tudo indica, tudo começou na Grécia por volta de 520 a.C, com uma festa em que a intenção era apenas se divertir e celebrar a chegada da primavera e a fertilidade – mas tudo regado à muito vinho! Já o nome, Carnaval, vem de “Carne Vale”, e está diretamente ligado ao fato da festa anteceder a quaresma – o período de privação – como se fosse uma despedida dos pecados da carne.
 

Hoje o carnaval é comemorado no mundo inteiro – e, sabendo que a gente já conhece as tradições brasileiras, deem só uma olhada nas diferentes maneiras de alguns países de comemorar a data:
 

Na Suíça, as 4h da manhã do dia de carnaval, todas as luzes se apagam e as pessoas desfilam pelas ruas com lanternas, tambores e muita música! Já no Equador, é de costume que as pessoas saiam jogando balões de águas uns nos outros e até em pessoas desconhecidas, junto aos carros alegóricos que são feitos com flores e frutas. O Canadá é conhecido pelas suas baixas temperaturas e, por lá, eles aproveitam a neve para montar esculturas e fazer pesca no gelo; além disso, o carnaval canadense conta com paradas noturnas e shows musicais. Na França, bonecos gigantes feitos de papel machê desfilam nas ruas ao lado de carros alegóricos. E, sabe o que é o mais curioso? No Japão a festa é completamente inspirada pela nossa: carros alegóricos com ala das baianas, samba em português e passistas enchem as ruas do país.

Especial Carnaval: Playlist

E, continuamos por aqui com o nosso especial de carnaval.
Não tem jeito melhor de entrar no clima da festa do que escutando as músicas que prometem bombar no carnaval 2017, né? Pra já ir decorando as letras e ensaiando os passinhos pra arrasar na hora H!
Por isso, separei pra vocês o top 5 das músicas que prometem ser sucesso e tocar o tempo inteiro nesse carnaval. Qual a preferida de vocês?
 

 

 

 

 

#DicaDeFilmes: Edição Oscar

Tá chegando! Ainda esse mês acontece a maior premiação do mundo do cinema: o Oscar! E, pra já entrar no clima da festa, nessa edição do #DicaDeFilmes vou indicar para vocês alguns dos filmes que já ganharam o prêmio máximo da academia, o de Melhor Filme. Bora conferir?
 

Spotlight – Segredos Revelados (Vencedor em 2016)
Vamos começar com o ganhador mais recente do prêmio! Spotlight surpreendeu a todos ao levar a estatueta – isso porque o preferido absoluto ao prêmio em 2016 era “O Regresso”.  O filme conta a história de um conhecido caso investigado pela a equipe do jornal The Boston Globe (chamada Spotlight) em 2001, que teve sua publicação vencedora de um Prêmio Pulitzer de Serviço Público na época. Ele acompanha os bastidores do jornalismo investigativo e árdua busca da equipe Spotlight sobre os possíveis casos de abuso na Arquidiocese de Boston. O interessante é que a equipe abre um caso que havia sido fechado há tempos pela polícia e consegue provar a verdade pra sociedade, lidando não apenas com a justiça, mas também com as crenças de todos.
 

O Discurso do Rei (Vencedor em 2011)
Baseado em fatos reais, O Discurso do Rei conta a história de superação do Rei George VI, que é gago desde os quatro anos. Seu problema de fala é um problema, pois, sendo membro da realeza britânica, George precisa fazer discursos frequentemente. Para ajuda-lo, sua esposa, Elizabeth, o leva até um terapeuta de fala chamado Lionel Logue. O interessante é que Lionel acaba se tornando amigo de George, e, com métodos nada convencionais, ele ajuda o rei a adquirir autoconfiança necessária para o maior discurso de sua vida: assumir a coroa. Um fato interessante é que o filme contem fatos extraídos diretamente dos diários de Lionel Longue, que foram encontrados apenas nove semanas antes do inicio das filmagens!
 

Crash – No Limite (Vencedor em 2006)
Crash mostra uma sociedade marcada pelo preconceito entre negros, brancos, mulçumanos, latinos, pobres e ricos. Tudo começa quando dois assaltantes negros roubam o carro de Jean Cabot, uma garota branca e rica. O que era pra ser só um roubo culmina em um acidente, o que acaba aproximando e colocando em conflito vários moradores de Los Angeles das mais diversas origens étnicas e classes sociais. O filme critica o racismo, tão presente nos estados Unidos, e mostra como a convivência pode acabar eliminando os preconceitos.
 

Shakespeare Apaixonado (Vencedor em 1999)
O filme conta a história de William Shakespeare, retratado como um jovem que está com um bloqueio criativo para escrever uma peça. Ele acaba conhecendo Viola De Lesseps, uma garota que sonha em atuar. Ele acaba se apaixonando por Viola, e ela o inspira pra escrever sua peça: nada mais, nada menos que Romeu e Julieta. Ela começa a ajuda-lo a ensaiar a sua peça, porém, naquela época, era proibido que uma mulher atuasse; e os problemas começam quando a família de Viola arranja o seu casamento com Lode Wessex, e ela e Shakespeare começam a viver um amor proibido.
 

Titanic (Vencedor em 1998)
Não dá pra falar em vencedores ao Oscar sem citar Titanic, né? Pra quem ainda não conhece, o filme conta a história de Rose e Jack, dois jovens que estão abordo do transatlântico Titanic em sua primeira viagem pelo oceano. Rose é uma garota rica que está com o casamento marcado, e Jack é um garoto pobre que acabou ganhando sua passagem em uma aposta. Os dois acabam se apaixonando e vivendo um romance escondido; e, a situação se complica ainda mais quando o navio se choca com um iceberg, provocando o naufrágio do navio, o que, até então, era considerado impossível.
 

 

Grammy Awards 2017

Galera, no último domingo rolou, simplesmente, o prêmio mais importante do mundo da música: a 59ª edição do Grammy Awards!

A edição de 2017 contou com a apresentação do ator, produtor e apresentador James Corden. Ele comanda o programa The Late Show with James Corden, que tem como seu quadro mais famoso – e que virou febre no último ano! – o Carpool Karaoke. Pra quem não sabe, no quadro, James convida alguma celebridade para uma entrevista durante uma volta de carro, e no meio disso tudo, eles sempre soltam a voz e se divertem cantando algumas músicas juntos! O mais legal é que ele trouxe o Carpool pro palco do Grammy na noite passada, e, junto à Jennifer Lopez, Tim McGraw, John Legend, Blue Ivy e muito outros, eles cantaram o sucesso “Sweet Caroline” de Neil Diamond – que também entrou na brincadeira!
 
Falando nos vencedores da noite, não teve pra ninguém: Adele venceu todas as cinco categorias nas quais estava indicada, incluindo as máximas da noite – “Álbum do Ano” por 25 e “Música do Ano” por Hello.

A edição desse ano ainda contou com mais música do que nunca! Destaque para a performance maravilhosa de Beyoncé, gravidíssima, que cantou “Love Drougth” e “Sandcastles”, levando todos que estavam assistindo – tanto ao vivo, quanto em casa – à loucura.

Teve também Katy Perry, agora loira, lançando música nova depois de um tempinho – a agitada “Chained To The Rythm”. Lady Gaga se apresentou ao lado do Metallica, Bruno Mars mostrou a linda voz e o talento pra dançar em “That’s What I Like” e Ed Sheeran encantou a todos com a romântica “Shape Of You”.

Teve ainda números musicais em tributo à grandes ícones – Adele cantou George Michael, Bruno Mars cantou Prince e Demi Lovato, Tori Kelly, Little Big Town e Andra Day homenagearam os Bee Gees.
 
Pra quem não pôde conferir todas as apresentações, ou até quer rever a sua preferida, dá pra assistir tudinho lá no site oficial do Grammy!
 

LOOKS
E, assim como toda premiação, a gente não pode deixar de falar dos looks das celebridades! O Red Carpet dessa edição do Grammy foi, no mínimo, divertido. Roupas criativas, cheias de recortes, aplicações e textura marcaram presença. Qual o preferido de vocês?