Destaques

Erros Fatais da Beleza

A pauta de hoje é beleza! Vamos falar de alguns errinhos que não podemos cometer – seja pra cuidar da pele ou na hora de fazer a make. Afinal, essas dicas nunca são demais, não é mesmo?

Dormir sem tirar a maquiagem. Ok, esse é um clássico, mas lembrar mil vezes dessa regrinha ainda é pouco. Quantas vezes a gente fica com preguiça de tirar a make antes de ir dormir? Não pode, galera! Ficar com a pele maquiada por muito tempo, em contato com o travesseiro, pode obstruir os poros e causar acne e cravos, além de deixar os poros mais dilatados e tirar o viço da pele. É muito importante tirar muito bem os produtos, nem que seja com um lencinho demaquilante.
 


Hidratar o rosto também é essencial. Mesmo que sua pele seja oleosa, é importante hidratar (nesse caso, prefira produtos oil-free). A pele sem hidratação, ressecara, faz com que as rugas e manchinhas apareçam mais, sem contar que na hora de aplicar a maquiagem, o resultado não vai ser legal, pois os produtos como a base e o corretivo não vão assentar bem na pele e nem ficar com aspecto natural.

Não se esqueça do protetor solar! À longo prazo, esse passo vai fazer diferença. Os raios solares intensificam as rugas e manchas da pele e o protetor garante uma pele mais jovem por mais tempo.
 


Os lábios também fazem parte do rosto! Muitas vezes a gente hidrata a pele e acaba esquecendo da boca. Mas também é legal, ao menos uma vez por dia, passar um hidratante labial. Ele previne rachaduras e o ressecamento dos lábios.
 

Espremer cravinhos e espinhas não é uma boa ideia. A gente fica tentado, eu sei. Mas a verdade é que isso machuca a pele, você pode acabar deixando uma cicatriz eterna e, embaixo das nossas unhas, tem bactérias que podem acabar causando complicações ao entrar em contato com as espinhas.
 

Não exagere na esfoliação. Fazer o procedimento muitas vezes, em um curto intervalo de tempo, pode retirar a camada protetora da pele. O ideal é que peles oleosas sejam esfoliadas duas vezes na semana e peles secas e normais, uma vez por semana.
 

Nada de água quente! A água em temperaturas muito altas acaba comprometendo a hidratação da cútis, deixando-a extremamente seca e frágil.