Eles e Elas

Preservando O Seu Relacionamento

Oi, galera! Hoje vim conversar com vocês sobre um assunto que a gente não discute há um tempinho: relacionamentos! Resolvi compartilhar com vocês alguns pontos que são super importantes para fazer um relacionamento durar. 
 
 

Um tempinho juntos. A correria do dia-a-dia, o stress, o cansaço… tudo isso pode ser uma desculpa para não passar um tempinho com o seu amor. Mas é preciso lembrar o quanto o distanciamento entre os dois pode prejudicar. É preciso estar presente – não só física, mas principalmente emocionalmente. Que tal vocês combinarem de ter, ao menos, 5 minutinhos juntos todos os dias? Seja para se encontrar rapidinho ou pra uma conversa no telefone – o fato é que esse tempinho juntos faz toda a diferença.
Apoio é essencial. Se seu companheiro está começando uma nova fase, passando por alguma mudança, ou até tem vontade de fazer algo, é de extrema importância mostrar o apoio e se fazer presente nessas situações. É essencial entender o que o outro quer e mostrar que, em todas as situações, ele pode contar com você.
Mostre o que você sente! Tanto os sentimentos bons quanto os ruins – é importante compartilhar o que rola por dentro. Às vezes a gente esconde algum sentimento ruim, algo que nos incomodou, por medo de brigar; mas vale lembrar que o acumulo dessas pequenas situações podem ser um bomba-relógio que, em algum momento, acaba explodindo.
Ciúmes: Até tem quem ache ciúmes algo fofo, mas, vamos combinar – quando ele vem em excesso, pode acabar se tornando um problema para o relacionamento. É natural querer cuidar de quem a gente gosta, mas, também importante lembrar que a confiança é uma parte essencial entre os dois.
Elogie! As vezes a gente convive tanto com alguém que até esquece de apontar as coisas boas por já estar acostumadas com elas – e, ao mesmo tempo, as ruins sempre são ditas e levadas como críticas. É bom se sentir amado e bem consigo mesmo – então, porque não proporcionar ao seu parceiro esse mesmo sentimento?
 

E vocês, o que acrescentariam nessa lista? Me contem nos comentários!

Dia dos Namorados: Dicas de Presentes Especiais

 

Dia dos namorados tá chegando e esse é o momento de todos os casais apaixonados quebrarem a cabeça pensando no presente perfeito, não é?  
Vim aqui salvar vocês! rsrs Hoje vou dar dicas de alguns presentes especiais, que você mesmo pode fazer, e sem gastar muito. A melhor parte é que vai ser um presente único e recheado de carinho. Eles não se limitam às caixinhas de presente e prometem um momento mais do que especial entre vocês dois.
 

Que tal presentear com algo que vocês possam aproveitar juntos? Escolha um filme do gênero preferido de vocês, para que os dois possam assistir juntinhos na noite do dia dos namorados. Em uma cesta, coloque o DVD, um vinho, pipoca e alguns dos chocolates preferidos do seu amado. Prontinho! Um presente que certamente vai garantir uma noite especial e lembranças boas para vocês dois.

O que acha de relembrar todos os momentos de vocês dois juntos? Você pode montar um scrapbook com as fotos preferidas dos dois, e incrementar as páginas com letras de músicas que te lembre o seu amor. É só comprar algumas folhas de papel cartão, da cor da sua preferência, e cortá-las, formando várias folhas. Aí, é só deixar a criatividade rolar solta e decorar as páginas da maneira que preferir! Para juntar, você pode usar cola quente – que vai dar um acabamento mais bonito do que, por exemplo, um grampeador.

Se você é super romântica, olha só essa ideia: você pode escrever, em pequenos pedaços de papel, vários recadinhos carinhosos para o seu namorado. Agora, pegue uma mason jar (aqueles potinhos de vidro que a gente sempre vê como enfeite no pinterest), coloque os recadinhos dentro, junto com algumas barrinhas do chocolate preferido dele. Aliás, amor e chocolate – tem algo melhor? 😉

Você pode se arriscar na cozinha, preparar o prato preferido do seu namorado e servi-lo em um jantar romântico, à luz de velas. Tenho certeza que ele vai amar sua dedicação! O mesmo vale para um café da manhã bem caprichado, com direito à flores, servido na cama!

 

Relacionamentos: As Perguntas Mais Frequentes

E ai galera! Hoje eu vou atender um pedido que vocês me fazem bastante: vamos conversar sobre relacionamentos. A revista Cosmopolitan fez uma lista das perguntas mais frequentes quando se trata de relacionamentos – e, eu selecionei as cinco mais interessantes para dar algumas dicas para vocês. Espero que vocês gostem!

  •  Qual a melhor forma de terminar um relacionamento?

Términos são sempre ruins e isso não dá pra evitar. Mas é importante que vocês sejam sempre sinceros com o outro, e, na hora de terminar, falar tudo o que sente. Não é preciso brigar para terminar – a conversa pode ser levada numa boa e sem estresse. Lembre que, apesar de tudo, vocês ainda podem ser amigos.
 

  • Ele não respondeu quando eu disse “eu te amo”. E agora?

Depende da situação, gente! Vocês estão há quanto tempo juntos? O primeiro passo é pensar se você não tomou uma atitude precipitada e falou as três palavras no calor do momento. Se não, vale lembrar que o tempo é sempre nosso melhor amigo e, porque ele não disse agora, não quer dizer que não vá dizer amanhã, certo?
 

  • Quanto tempo devemos namorar antes de morarmos juntos?

Os dois tem que se sentir preparados e certos de que querem fazer isso – aliás, é um passo enorme em um relacionamento!
 

  • Pega mal falar do ex pra o namorado atual?

Só o necessário. Lembre que é sempre bom ser honesto, mas não precisa voltar no assunto a toda hora – o seu namorado pode se sentir incomodado!

  • Como saber se o meu amigo está afim de mim?

Os sinais dele são sempre uma boa pista. Como ele trata você? Ele te chama pra sair? Se, ainda assim você tiver dúvidas, que tal ter uma conversa honesta com ele?
 

Vídeo: Homens Comprometidos

E aí galera, estão curtindo os vídeos? Quero saber a opinião de vocês.

E não se esqueçam de se inscrever no meu canal do YouTube!

 

Acredite no Amor

Alguém aí já se pegou perguntando “porque não existe um relacionamento perfeito?” ou até “porque não existe alguém ideal?”.

O psicólogo Marcos Augusto da Silva Braga propõe uma visão interessante sobre isso no texto “Uma Reflexão Sobre o Amor”. Ele diz que cada um tem uma crença quando o assunto é o amor, e que cada um o idealiza de uma forma diferente.

Mas é exatamente isso que torna as coisas complicadas: nós não devíamos idealizar o amor. Amar é apenas sentir. Sem pensar muito, sem espaço para racionalizar sentimentos. Amar é se deixar levar pelo coração, e não pela mente.

Ao fim de um relacionamento a gente sempre parece desacreditar que o amor existe. Aqui vai uma informação pra vocês: um estudo feito pela Universidade de Harvard revelou que as mulheres têm, em média, 38 encontros antes de achar o cara da sua vida. O número assusta um pouco, né gente? Agora, imagine quantas desilusões amorosas é preciso viver para chegar nesse número…

O amor está ai. Você pode encontrar o amor da sua vida em uma festa, no colégio, em uma viagem ou até passeando na rua. É só questão de tempo.

Por isso, o mais importante é nunca deixar de acreditar no amor. Porque esse é o sentimento mais nobre que podemos conhecer.
E você, já amou alguém de verdade?