Especial: Cuidado Para as Peles Negras

Vocês sabiam que o mercado da moda e da beleza ainda é bastante carente em relação às mulheres negras? Em uma pesquisa feita pela The Fashion Spot, foi apontado que apenas 8% das modelos que estampam grandes campanhas são negras. Além disso, elas relatam que são poucas as marcas de maquiagem que possuem uma variedade de cores que atenda as nuances das peles negras e, ainda, que muitos maquiadores profissionais são despreparados para lidar com as peles mais escuras.

Por isso, o post de hoje vai ser um especial, recheado de dicas e esclarecimentos sobre como deve ser o cuidado das peles negras. Bora conferir?
 

É preciso saber que a pele negra possui um alto nível de melanina e que, sim, isso promove uma proteção natural maior do sol – o fator de proteção é estimado em 13,4. Mesmo assim, o uso de protetor solar é indispensável! FPS 15, no mínimo, é o indicado – até mesmo porque a abundância de melanina faz com que as peles negras sejam mais propensas a desenvolver manchinhas. Isso acontece porque, quando a pele precisa passar por algum processo de cicatrização, a pigmentação da pele é ativada, então qualquer pequeno machucado inflamado ou irritação pode acabar resultando em uma mancha. O ideal aqui é prevenir: produtos com vitamina C e ácido fítico são altamente indicados para minimizar as chances das manchinhas indesejáveis aparecerem.

Muitos pensam que a pele negra é, sempre, oleosa. A verdade é que a pele negra pode ser de todos os tipos – oleosa, normal, mista e seca. O que acontece é que a pele oleosa é mais comum entre os negros, uma vez que a secreção das glândulas sudoríparas é maior nesse tipo de pele. Muita hidratação e produtos free oil são os must have desses casos!

Um dos maiores pontos positivos é que a pele negra possuí mais colágeno – o que a torna mais elástica e resistente aos efeitos de idade. Por isso, ao escolher uma maquiagem, por exemplo, não é preciso se preocupar tanto com os produtos mais densos, que costumam acumular nas linhas das peles.

É muito importante saber se o fundo da sua pele é amarelado ou rosado. Isso porque, quando aplicado um tom muito diferente do seu, o risco que a pele fique acinzentada é gingantesco! Já fiz post aqui no blog, explicando tudo para descobrir qual seu subtom – se você ainda não conferiu, clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *