Estilo

O Vestido Perfeito: Como Escolher?

O look perfeito sempre é a nossa maior preocupação quando o assunto são grandes festas, certo? Por isso, hoje vou dar algumas dicas para vocês de como sempre acertar no visual.

O primeiro passo é considerar o local onde vai acontecer a comemoração. Se o evento for ao ar livre, como na praia ou em um parque com grama, lembre-se de colocar seu conforto em primeiro lugar: vai ser impossível caminhar com um salto muito fino e um vestido com cauda certamente não é o mais indicado.
 

Casamentos sempre tem regras mais rígidas. Se você é madrinha, é de bom tom evitar usar preto – a menos que seja um pedido da noiva. Para todas as convidadas, qualquer tecido muito claro, que se aproxime do branco, não é indicado. Não esqueça que, por mais que aquele vestido rosa clarinho pareça perfeitamente colorido pra você, ele pode sair quase branco nas fotos.
E quanto ao comprimento? Os convidados estão sempre liberados a escolher os comprimentos que mais os agradem – mas, é sempre bom ter bom senso e lembrar que algo muito curto pode não combinar com um evento mais chique. Se você não gosta de vestidos muito longos, os mídis são uma ótima opção e estão super em alta no momento.
 

No entanto, é regra: formandas, madrinhas e acompanhantes de formandos (mães e namoradas) devem usar sempre vestidos longos. O comprimento correto é com a barra do vestido rente ao chão.
 

Uma das principais dúvidas é como se arrumar para um evento mais elegante de dia, como um casamento. Isso porque a gente sabe que peças mais leves são as que combinam mais para a comemoração – no entanto, esta merece a mesma dedicação do que qualquer outro evento à noite.
Vestidos com tecidos mais fluídos combinam bastante para o dia, assim como as cores mais alegres.
 

Tecidos com paetês e muito brilho já podem ser demais, mas bordados são sempre bem vindos.
Outra coisa a se considerar é o horário. Se a festa vai começar no fim da tarde, isso significa que ela ainda vai estar rolando à noite – isso te dá carta branca para looks um pouco mais pesados.

O Produto da Vez: Condicionador a Seco

Assim que os shampoos a seco chegaram às lojas, o produto virou queridinho e uma febre entre todas nós. Ele remove a oleosidade do cabelo e algumas versões ainda dão o tão sonhado volume na raiz. Agora, parece que é a vez do condicionador a seco.

O produto promete hidratar e melhorar a aparência dos fios em segundos, tirando aquele aspecto de ressecado e pontas “durinhas”. Ele não é nada oleoso e ainda não sobrecarrega os fios, como acontece com os óleos para cabelo, que tem a mesma função. 
Como se não fosse o bastante, o uso do produto ainda tem benefícios a longo prazo, já que sua hidratação é intensa. Ele deixa os fios mais saudáveis e a aplicação do produto ainda fecha as escamas do cabelo, o que faz com que ele esteja protegido do sol.
Mas atenção, gente: o indicado não é usar ele como um creme pra pentear. É pra aquelas horas em que você precisa de um cabelo hidratado e bonito de forma rápida e não tem tempo pra fazer o procedimento “original”.
Quem mais tá super ansiosa pra testar?

O Óculos Certo Para Cada Rosto

Faz tempo que os óculos de grau deixaram de ser apenas uma necessidade para corrigir a visão – eles viraram um acessório! E, assim como todos os outros, existem aqueles que nos valorizam e combinam mais com a gente. Pensando nisso, hoje vamos falar das armações mais indicadas para cada tipo de rosto.
 

ROSTO QUADRADO
O maxilar saliente é a característica mais forte desse tipo de rosto. Por isso, os mais indicados são os óculos de armação arredondada – eles dão a impressão de que a área dos olhos é maior, equilibrando, assim, as proporções do rosto.
 

ROSTO TRIANGULAR
Esse tipo de rosto é caso inverso do formato a cima: nesse caso, a testa é maior do que o queixo. Por isso, o ideal é não chamar tanta atenção para a parte dos olhos, optando por modelos menores – evitando sempre aquelas que cobrem uma parte das maças do rosto. Uma boa pedida é o modelo gatinho, pois ele dá uma alongada na região.
 

ROSTO REDONDO
Pense sempre no inverso: para equilibrar, o ideal nesse caso é utilizar armações retangulares, com o formato mais bruto e reto. Só não são indicados os modelos com a armação muito fininha, quase imperceptível.
 

ROSTO OVAL
Esse é o formato de rosto considerado mais equilibrado por si só, já que todas as proporções aparecem por igual, sem nenhuma área em evidência. Por isso, todas as armações tendem a cair bem.

Tudo Sobre Chokers

Galera, parece que as tendências #revival  realmente vieram pra ficar. Hoje vou falar sobre uma que eu tô usando bastante e amando: as chokers! 
Essas gargantilhas bem justinhas no pescoço já fizeram muito sucesso lá atrás, nos anos 80 e 90, e voltaram em 2016 para enfeitar nossos pescoços por aí.

Eu já me entreguei ao modelo mais clássico: uma fita fininha de couro que pode ser enfeitada com um pingente. Mas existem milhares de versões desfilando nas fashionistas por aí: de metal, de cristais, de veludo, enfeitadas com pérolas, de renda, de couro e amarradinha. A peça já apareceu em desfiles de marcas como Chanel, Balmain e Givenchy, e até nos red carpets em versões mais glam!

O modelo mais recente e que mais tem chamado atenção, no entanto, é a choker de tecido e um pouco mais grossa, imitando um cachecol bem fininho.

Tendências do Verão: Spaghetti Strap e Botas Brancas

Quem ama moda, sabe: nada é mais empolgante do que conhecer as tendências que prometem na próxima estação. Duas das maiores apostas do próximo verão estão cheias de referências vintage. Bora conferir?
 

SPAGHETTI STAP
Quem aí lembra dos vestidos que tinham aquelas alças suuuuper fininhas e eram super tendência nos anos 90? Pois é, eles voltaram!
É uma peça super básica e, ao mesmo tempo, hiper fashion. O vestido aparece em todos os comprimentos e bem fluído, soltinho – o que ajuda a equilibrar o ar sexy do look.
Quer incrementar e deixar a composição com um ar ainda mais nineties? Dá super certo jogar uma camisetinha embaixo da peça. Pode confiar: Kendall Jenner, Alexa Chung e Rihanna já usaram assim!
Bora dar uma olhada nos modelos?
 
BOTA BRANCA
Depois dos tênis total white, agora é a vez das botinhas! Mais uma tendência resgatada do século vinte: dessa vez dos anos 80.
Ela aparece com o cano bem curtinho, até o começo da canela e com o salto grosso e médio. Pra quem quer arriscar e se jogar de vez na época, pode optar pelos modelos de bico e salto fino. Olhem só alguns modelos: