Estilo

BAFTA TV 2016

Galera, ontem, em Londres, rolou o BAFTA TV 2016. Pra quem não conhece, a sigla significa British Academy of Film and Television Arts. 
A estatuera do BAFTA!

A premiação acontece anualmente e tem como objetivo premiar as melhores produções de TV exibidas no Reino Unido ao longo do ano passado. Os concorrentes são: minisséries (que tenham entre dois e cinco episódios produzidos), séries dramáticas (com seis a dezenove episódios por temporada) e novelas ou séries de longa duração (com, no mínimo, vinte episódios produzidos). 
 

Vale lembrar que também existe a entrega do BAFTA para o cinema, mas a cerimônia acontece separadamente e, normalmente, no começo do ano. 
 

E, como de costume, a gente vai conferir os melhores looks da noite! Acho interessante que, nessa premiação, não vemos tanto as carinhas conhecidas que sempre são presença garantida nos awards que acontecem nos EUA – o que pode acabar trazendo espaço para várias surpresas boas, apresentando estilos das celebs que não estamos tão acostumadas a ver em destaque. Bora conferir? 

Como é ser loira?

Oi pessoal!  Vocês, com certeza, perceberam que eu tenho ficado mais e mais loira nos últimos tempos, né?
E, hoje, a gente vai falar exatamente sobre isso: os cuidados e as dúvidas de quem tem ou quer ter os cabelos loiros!
 

 

O que eu devo saber antes de descolorir?
O descolorante resseca sim o cabelo! Por isso, é importante fazer o procedimento com um profissional – ele vai saber desde o tempo correto para deixar o produto no seu cabelo, até o volume mais indicado de água oxigenada para utilizar.
Também é importante avaliar todo processo pelo qual seus fios passaram – algumas químicas não são compatíveis com o descolorante e podem acabar apodrecendo os fios e causando queda. Por isso, lembre de sempre contar todo seu histórico capilar para o profissional antes de mudar a cor, ok?
 

Qualquer cor de cabelo pode ser descolorida?
Pode sim! Mas, se o seu cabelo for muito escuro, é possível que você tenha que descolorir mais de uma vez para chegar no tom desejado. Essa é uma avaliação que também só pode ser feita por um profissional, que deve levar em conta, também, a resistência do seu fio para aguentar o descolorante.
 

Como eu cuido depois?
O indicado é fazer uma hidratação mais “power” pelo menos uma vez na semana! Mas, pra isso, não é preciso ir no salão: aplicar uma máscara com alto poder hidratante após lavar os cabelos já resolve.
Uma dica valiosa é que, muitas vezes, a gente pensa que deixar a máscara por muito tempo no cabelo vai fazer com que ele fique mais hidratado. Isso é mito, gente! É só cumprir o tempo exato que a embalagem indica, pois é o tempo necessário para o produto agir nos fios – depois disso, os nutrientes não são mais absorvidos pelas madeixas.
 

E para manter a cor?
Esse é um dos fatores que mais nos deixa insegura na hora de descolorir: a cor se desgasta com o tempo e o cabelo perde aquele brilho, deixando os fios amarelados e alaranjados.
O truque para minimizar esses efeitos é utilizar shampoo roxo ou cinza para lavar. Isso porque essas cores conseguem cancelar o amarelo e o laranja do cabelo, devolvendo a cor desejada.
 

Se eu me arrepender – dá pra voltar ao tom natural?
 
Sim! A vantagem é que os fios claros recebem mais facilmente qualquer coloração, por criarem uma base quase neutra – mas isso não significa que você possa passar qualquer cor no cabelo. É importante que uma avaliação seja feita na raiz do seu cabelo – assim, você vai saber o tom e sub tom dos fios, para não errar na hora de pintar.

MET Gala 2016

 

Maio mal começou e já trouxe um dos maiores eventos de moda do mundo: ontem rolou o baile de Gala do Metropolitan Museum Of Art – o MET, de Nova York. O baile acontece para arrecadar fundos para o Costume Institute, que é o departamento de moda do museu – o único que se sustenta por contra própria. 
 

O primeiro MET Gala aconteceu em 1948 e, naquela época, era organizado por um publicitário: Eleanor Lambert. Foi apenas com a chegada da renomada editora-chefe da revista Vogue, Anna Wintour, em 1999, que o evento se tornou tão importante a nível mundial.
O evento é conhecido como “a festa do ano” e até como “o Oscar da moda”. Em cada edição, um novo tema é eleito para a festa. Tema esse que, mais tarde, vai dar origem para uma exposição no museu. Esse ano, a ideia foi futurística: “Manus x Machina: Fashion in an Age of Technology” (Mãos X Máquina: A moda na era da tecnologia). 
 

A temática é apenas uma sugestão para os convidados – eles têm livre escolha para se inspirar ou não no estilo. As marcas, por sua vez, são sempre presentes – os diretores criativos da Prada, Loius Vuitton e Chanel são indicados para as cadeiras de honra da noite, o que acaba rendendo muitos looks com seus nomes.
A fachada icônica do MET!
 

LOOKS
E, como não podia deixar de ser, vamos conferir agora os looks do tapete vermelho que foram mais comentados. Afinal, o foco do evento em si, nada mais é, do que moda! 
Como o tema era todo futurísticos, tecidos metalizados e prateados não faltaram! Mensão honrosa para o look de Claire Danes que, simplesmente, brilhava no escuro – mas sem perder a elegância.
Me contem: qual vocês mais gostaram? Qual vocês acham que seguiu o dresscode da melhor forma? Quem exagerou?

Resumão: São Paulo Fashion Week N41

A São Paulo Fashion Week termina hoje e, é claro, eu não podia deixar ela passar em branco! Vamos conferir tudo o que rolou em um dos eventos mais importantes do mundo da moda?
 

MUDANÇAS
O São Paulo Fashion Week iniciou um novo conceito nas passarelas: “see now, buy now”, ou seja: veja agora, compre agora. A novidade é que não iremos mais ter que esperar até a próxima estação para encontrar nas lojas o que foi desfilado nas passarelas – agora, as roupas começam a preencher as vitrines logo após o desfile!
E, se antes a gente se referia a Fashion Week pelas estações, a partir de agora o que conta é apenas o número da edição. Nada de “SPFW Verão 2017”. Esse ano, o correto é “SPFW N41”.
 

VISITA ESPECIAL
Um dos desfiles mais esperados e comentados certamente foi o da Riachuelo. Isso porque a marca trouxe para a passarela as peças da sua mais nova coleção, assinadas por ninguém menos que Karl Lagerfield, estilista da Chanel. A coleção tem uma pegada mais fun, com aplicações divertidas nos acessórios e o forte são as peças em alfaiataria, como camisas e blazers. Como se isso não fosse o bastante, o desfile ainda chocou a todos seguindo à risca o novo conceito do desfile (see now, buy now): assim que terminou e a fila final das modelos subiu na passarela, vários vendedores entraram e desfilaram junto de araras contendo a coleção inteira para que, quem quisesse, comprasse bem ali! Legal, né?
As cores neutras também foram destaque no desfile. Quem curtiu?
 

TENDÊNCIAS: LOOKS
Bora conferir algumas das tendências que os especialistas no assunto consideram como as maiores apostas no quesito estilo?
 

Looks monocromáticos
Lenny Niemeyer, Iódice, Vix, Lilly Sarti, Lolitta, Vitorino Campos… Foram várias as marcas que apostaram no look inteiro de uma só cor. A aposta é prática, fácil de combinar e deixa o look super elegante.
Looks na ordem: Lenny Niemeyer, Iódice, Vix, Lolitta ,Lilly Sarti e Vitorino Campos.
 

Oriental
A moda oriental promete chegar com força. O destaque fica para as estampas florais e de carpas, de tigres e quimonos – tudo bem soltinho e fluído, muito característico do Japão. As peças foram apresentadas pela Lenny e pela Iódice.
Os três primeiros looks são da Iódice e os três últimos da Lenny.
 

Jeans
A peça mais queridinha de todas! Diferente do jeans cheio de recortes, lavagens e aplicações que estamos acostumados, o jeans apareceu bruto: sem detalhe algum, no maior estilo anos 70.
Qual seu preferido: jeans bruto ou com lavagens diferentes?
 

Alfaiataria e Oversized
As peças de alfaiataria foram as apostas de dois grandes nomes: Alexandre Herchovitch, no desfile da À La Garçonne e Karl Lagerfield, no da Riachuelo. É pra ficar de olho, né? Hercovitch também apostou nas peças oversized: roupas com proporções bem largas, no maior estilo despojado.
Os três primeiros looks são do desfile da Riachuelo e, os três últimos, da À La Garçonne.
 

Xadrez e Grafismo
Essas foram as duas maiores apostas para estampas. Quem trouxe o grafismo foi Lolita Hannud. Já as peças em xadrez ficaram por conta da À La Garçonne.
O clássico xadrex ou o moderno grafismo?
 

 

ACESSÓRIOS

  • No desfile da Pat Bo, o que chamou atenção foram os brincos enormes, pendurados e muito coloridos.

  • Já no da Vix, as gargantilhas que chamaram atenção. Elas aparecem douradas e dão sempre mais de uma volta no pescoço.

  • Bolsas divertidas, com formatos diferentes, chegam com tudo! Elas foram apresentadas pela A. Brand e pela Riachuelo.

A pegada fun das bolsas tiram a seriedade de qualquer look!

 

MAKE
A beleza do desfile da Iódice!
A gente sabe que o go-to das passarelas quando se trata de maquiagem é o tão famoso “make nada”… a famosa maquiagem para parecer que não está maquiada. Mas, também sabemos que isso exige uma pele perfeita, certo? Por esse motivo, as maquiadoras da MAC, Fabiana Gomes e Jake Flachi, que foram responsáveis pela beleza do desfile da Iódice, deram algumas dicas para o site da GNT sobre como atingir esse resultado. Olha só:
 

  1. Hidratar a pele é fundamental: Jake Falchi indica um hidratante aquoso que pode ser borrifado no rosto: “Outro truque é usar o mesmo produto para finalizar. Você acha que sua maquiagem vai derreter, mas não vai, basta esperar secar”.
  2. Escolher a base exige cuidado:  “Não tem essa de comprar na farmácia sem antes testar. O produto não pode ser dica da amiga, tem que ser bom para você, para a sua pele”, segundo Fabiana Gomes.
  3. A base deve ter o mesmo tom do seu colo:  “A cor tem que ser perfeita e estar harmônica com a cor do seu colo e dos braços, e não necessariamente com a do rosto. Isso porque muitas vezes temos o rosto mais claro e, se você se orientar por ali, vai continuar dando essa diferença. Eu gosto de testar a base no colo”, dá a dica Fabiana.
  4. Blush pode sim, mas não para marcar demais:  Ou você corre o risco de ficar com cara de anos 80: “A mulher precisa observar onde ela fica corada e colocar ali, mas sem exagero”, diz Jake, que gosta de usar esse produto cremoso na pele com efeito natural. E, pra quem não sabe, o blush é ainda multiuso: pode ser usado como batom nos lábios e como sombra nas pálpebras.

 

  1. Iluminador leve dá o toque final: Aplique o iluminador na região das têmporas e tire o excesso do brilho com um pó primer, mas não deixe a pele opaca: “Pele com brilho é pele viçosa”, finaliza Fabiana Gomes.

 

CABELO 
A principal aposta para os fios foi o penteado assinado por Rodrigo Costa no desfile da A. Brand. O cabelo é meio preso: um coque com volume no alto da cabeça, com alguns fios soltos em baixo e bem “bagunçadinhos”. A inspiração do penteado vem das praias do Havaí: despojado e com os fios com cara de que acabaram de sair do mar.
 

Quer conferir as peças de todos os desfiles na íntegra? Clique aqui!

Dica Fashion: Festival

Nesse fim de semana dois grandes festivais de música vão estar rolando: o segundo e último fim de semana do Coachella, na Califórnia e o Tomorrowland, aqui no Brasil.

 

E, pra quem vai curtir o Tomorrowland de pertinho e ainda tá escolhendo o look, é sempre bom a gente pegar as referências lá de fora, que, muitas vezes, ainda nem chegaram aqui. Aliás, em época de Coachella os olhos do mundo da moda ficam voltados pra lá, espiando tudo o que as celebridades super estilosas que marcam presença estão usando – e elas lançam tendência mesmo!
Até pra quem não vai comparecer no festival, a gente sabe que o estilo boho do Coachella é super adaptável para as ruas – então, é sempre bom ficar de olho.
Por isso, hoje eu vou dar algumas dicas sobre como montar o visual para um evento como esse e, ainda, mostrar alguns dos melhores looks dos primeiros dias do Coachella pra dar aquela inspirada. Bora conferir?
 

DICAS
– A primeira coisa a se lembrar é que, em um festival, a gente precisa de todo o conforto do mundo: seja pra dançar, pra pular, pra andar, ou pra ficar um bom tempo de pé! Então, escolha uma roupa que você saiba que vai fazer você se sentir bem.
– Não é uma boa ideia estrear um sapato novo, já que você não sabe como ele vai se comportar após algumas horas nos seus pés.
– Acessórios fazem toda a diferença! Você pode usar uma roupa básica e incrementar com eles. Chapéus e óculos escuros, por exemplo, são a cara dos festivais e, ainda, protegem do sol.
– Na hora de escolher a bolsa, que tal optar por uma transversal? Assim, é só jogá-la no ombro e não se preocupar em carregá-la o tempo todo.
– É provável que você tome bastante sol, então, incluir um protetor solar na bolsa pra renovar ao longo do dia é indispensável!
 
LOOKS PARA SE INSPIRAR – COACHELLA 2016