São Paulo Fashion Week N42

O São Paulo Fashion Week terminou hoje e já é regra: a gente fica doida pra saber o que mais interessante foi apresentado por lá. São as maiores marcas do país, que ditam tendências, reunidas em um evento que dura quatro dias, e não podia ser diferente: é pra onde se voltam os olhares de todos os apaixonados por moda nessa época.

Por isso, hoje eu trago pra vocês as maiores apostas da 42ª edição do SPFW, apresentadas nos desfiles que mais deram o que falar e, com certeza, logo farão parte do nosso guarda-roupa.

Vale lembrar que a segunda edição desse ano (tem post da primeira aqui!) vem com o nome SPFWTrans42, celebrando o conceito de “transformação, transição e transgressão”.
Bora conferir?
 

go site RONALDO FRAGA
Se tem um desfile que merece ser citado é esse. Olha só que incrível: o estilista Ronaldo Fraga levou 28 mulheres transexuais para as passarelas, e elas desfilaram várias versões diferentes do mesmo vestido – isso porque a identidade visual de cada um contava um pouco da história de cada uma delas. O mais interessante é que todas ali estavam estreando como modelo: eram cabeleireiras, bancárias, garotas de programa, entre outras profissões. A ideia era trazer as questões de gênero e lembrar o triste fato de que o Brasil é o país que mais mata travestis e transexuais no mundo.
 

here ANIMALE
A marca trabalhou com peças femininas, elegantes, simples, leves e sutis. Tecidos fluidos e modelos vaporosos, recortes diferentes em cores bem clarinhas – principalmente branco! – foi o que tomou conta das apostas do desfile da Animale.
 

watch  À LA GARÇONNE
A grande inspiração do desfile da À La Garçonne foi o estilo esportivo, com uma pegada bem motocross. Jaquetas, moletons, roupas em neoprene, parkas e camisetas oversized  foram alguns dos itens que mais apareceram na passarela. Essa linha esportiva é uma tendência que vem aparecendo cada vez mais nos looks do dia a dia – e, pelo jeito, agora chegou pra ficar. Vale lembrar que um dos momentos mais comentados do evento rolou no desfile da À La Garçonne: a modelo Transexual Valentina Sampaio teve sua estreia nas passarelas, e foi apontada como uma das maiores apostas no SPFW. 
 

dove acquistare viagra generico 50 mg a Milano LOLITTA
O grande destaque do desfile da marca foi a linha Sand, que faz o beachwear da marca. A Lolitta apresentou várias peças de tricô e apostou em cores vibrantes, como o pink, o amarelo e o laranja. Repara só o que tomou conta total dos pés das modelos: as slides! 
 

go site ÁGUA DE COCO
Mais beachwear! A ideia da marca foi criar peças inspiradas em um verão jovem e fresh, do tipo “férias no paraíso”. Os recortes apresentaram um mix entre o sexy e moderno e entre as estampas dominaram aquelas com um ar tropical, como flores e frutas. 
 

go to site IÓDICE
Marsala, caramelo, amarelo, preto e nude. Essa foi a cartela de cores predominante no desfile da Iódice. Com referências tradicionais e urbanas, as peças em veludo foi o que mais chamou atenção na passarela, assim como as túnicas amarradas passando pela cintura (inspiração indiana), dando um ar moderno e super diferente. 
 

viagra generico 50 mg prezzo a Verona A BRAND
Conforto foi a palavra de ordem no desfile da marca. Blusões, calças largas, parkas e pijamões em cores mais clássicas que combinam com a meia-estação. Tudo com um ar tecnológico e meio esportivo, a ideia da A Brand era criar uma linha pra quem ama moda, mas ainda assim preza o conforto. Destaque pra o toque fun: a estampa de bassets que apareceu em várias peças.
 

http://cinziamazzamakeup.com/?x=viagra-generico-25-mg-miglior-prezzo-pagamento-online VITORINO CAMPOS
O desfile da marca foi marcado por dois momentos. Primeiro, peças com modelagens largas, leves, em tons mais iluminados – principalmente rosa – em uma linha mais autunal e confortável. No segundo momento, peças mais sexys e ao mesmo tempo sérias, com muita transparência, pele à mostra e com cores mais neutras foram as apostas.
 

http://cinziamazzamakeup.com/?x=acquisto-viagra-con-mastercard OSKLEN
A Osklen apostou em peças mais simples e clássicas, com um ar mais relax em peças super confortáveis. O preto e branco dominou a passarela, com pequenos toques de amarelo, verde e laranja.
 

farmacia viagra generico 50 mg a Milano AMIR SLAMA
A principal referência da marca eram os anos 50 e 80. O beachwear de Amir é conhecido pelos recortes certeiros, e foi exatamente isso que trouxe a modernidade para as peças. A cartela de cores? Preto, branco, e estampa de oncinha em pink, roxo e laranja.
 

go to link HELÔ ROCHA
Pense em roupas extremamente leves, fluidas, etéreas, femininas e muito poderosas. As peças são todas em branco ou nas clássicas estampas Liberty (esse tecido todo florido em um padrão pequeno, que ficou conhecida por esse nome por causa da loja inglesa Liberty of London, pioneira da estampa desde os anos 80!). A estilista Helô disse que se inspirou no axé para fazer as suas peças, trazendo o ritmo para a forma de roupa de um jeito muito livre e sentimental. Sentiram a vibe?
 

source site RATIER
Vamos lembrar: Renato Ratier, o fundador da marca, é também proprietário de uma das casas noturnas mais conhecidas em São Paulo, a D-Edge. Por isso, era de se esperar que a coleção da marca tivesse aquela pegada de balada, com looks noite e super moderninhos. Preto e metálico dominaram a passarela em shapes mais esportivos e soltos – tudo inspirado nos anos 80 e 90.
 

JUST KIDS
A Just Kids inovou de um jeito simples – uma coleção de poucos looks, sendo que a peça principal era a mesma em todos eles: o moletom! Inspirado em Nova York dos anos 70 e 80, os agasalhos chegam do jeitinho que a gente já gosta e já considera tendência: bem larguinhos e com estampa de frases.
 

MEMO
Olha só que interessante, galera: é Memo é a primeira marca da história do SPFW a fazer um desfile de roupas do mundo fitness! Não é de hoje que a gente vê as peças da academia invadindo o dia dia, ou até colocando um toque mais descolado e fashion no que usamos para nos exercitar, né? A coleção foi inspirada no mundo das cores, com tons vibrantes – alguns contrastando com bege e preto – e muitos recortes diferentes.
 

COTTON PROJECT
A Cotton Project se inspirou na música e na cultura jovem pra criar a coleção. Quando falamos em música, a pegada veio do ritmo eletrônico da década de 80 em Nova York. As peças tem uma pegada mais fun, com estampas divertidas e tons fortes de rosa e azul combinando com o branco e preto.
 COCA COLA JEANS
Os básicos que a gente mais ama tomaram a passarela na coleção: jeans, preto e branco. Destaque pro mix de diferentes lavagens de jeans, que vem fazendo sucesso entre as celebs gringas há um tempo e ganha ainda mais força. Mas, um item chamou atenção: o jean apareceu também nos pés das modelos, em botinhas de cano curto. Será que a tendência pega?

4 comentários em “São Paulo Fashion Week N42

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *