São Paulo Fashion Week N44: Verão 2018

Galera, o mês de Agosto foi fechado com chave de ouro: ontem, no último dia do mês, rolou o dia final de desfiles do São Paulo Fashion Week N41, que teve início no dia 27.

A edição desse ano celebrou a diversidade, a criatividade e o otimismo.
 

Como não podia deixar de ser, a gente fica ligado no que é apresentado nas passarelas pra saber o que promete bombar na próxima temporada – o Verão 2018. E é isso o que venho trazer pra vocês: o que de mais interessante foi desfilado nessa edição!
 

JULIANA JABOUR
A coleção da Juliana Jabour resgatou algo que já foi sucesso alguns verões atrás e que a gente ama: o tema náutico! Inspirado nos EUA dos anos 2000, a passarela se encheu de referências ao street style e à cultura underground. Moletom cropped, peças oversized, muuuitos babados e sandálias plataformas foram os destaques da coleção.  E, é claro, as cores características do tema: branco, azul e vermelho.
 

HELO ROCHA
Faz um tempinho que as roupas com carinha de pijamas e moda íntima tem feito sucesso nas ruas – e foi exatamente nisso que Helo Rocha apostou! As roupas foram inspiradas em lingeries vitorianas, trazendo a feminilidade e a sensualidade nas peças – sem deixar a elegância de lado. Cores claras, suaves e rendas e bordados predominaram a coleção, assim como os tecidos fluídos em todas as peças.
 

AMIR SLAMA
A moda dos anos 50 apareceu! Inspirada na década e nas vedetes do Brasil, a marca trouxe tons de nude, vermelho, roxo e até brilho para a moda praia! Com modelagens inspiradas nas lingeries dos anos 50, relembrando Marilyn Monroe e Carmen Miranda, o que chamou mais atenção foram as peças estruturadas no busto, com recortes super diferentes.
 

GLORIA COELHO
O desfile da Gloria Coelho foi um dos mais comentados pela internet afora. Isso porque Gloria escolheu mulheres mais reais, de diferentes biótipos, pra representar sua marca – e não apenas modelos.  O casting contou com um time de peso:  Alinne Moraes, Marina Lima, Cássia Ávila, Isabella Fiorentino, Camila Coelho, Thereza Fitipaldi, Traudi Guida,  Maythe Birman e Paola de Orleans e Bragança. O tema da coleção era The Crown, inspirado na coroa Inglesa e na cultura do Reino Unido. Cores mais sóbrias, com poucos toques de cor, peças assimétricas, transparência e o shape quadrado prenominou a passarela. Abordando o empoderamento feminino, em alguns momentos as mulheres desfilaram até com uma coroa geométrica. Incrível, né?
 

ANIMALE
Vitorino Campos se inspirou em sua recente viajem ao Vietnam para montar a coleção do Verão 2018 da Animale. Estampas florais, assim como aplicações de mini-flores nos tecidos – simulando um jardim – chamaram atenção. Peças com recortes assimétricos e muitas texturas diferentes foram as apostas da marca.
 

ÁGUA DE COCO
Mais uma inspiração internacional: Bali, na Indonésia. Estampas inspiradas na natureza e cores que seguem essa linha de folhas e terra foi o que deu o ar para a coleção. Tudo lembrava paisagens tropicais e peças mais ajustadas ao corpo foram escolhidas.
 

PATBO
A coleção da PatBo manteve a cara da marca: feminina e elegante. Inspirada na cultura brasileira e com traços americanos, as peças trouxeram o ar sofisticado do clima de um resort.  Materiais naturais e bordados minimalistas foram o destaque, resgatando a moda dos anos 20 aos anos 90. Como a estilista classificou, “Uma viagem ao passado que é atual”.
 

OSKLEN
Olha só essa ideia que legal, gente! A coleção da Osklen foi inspirada pelas obras da pintora Tarsila Amaral. Elas contam uma história: os primeiros looks são limpos, como uma tela em branco. Os esboços de Tarsila vão surgindo aos poucos, para, mais tarde, dar espaço às cores e estampas – estampas essas que são, literalmente, algumas das obras da artista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *