Especial Carnaval: A História do Carnaval

O carnaval surgiu na antiguidade e era uma festa que celebrava os deuses pagãos e a natureza, e só foi reconhecido pela igreja e incluído no calendário cristão muitos séculos depois. 
Aqui no Brasil, a maior influência do carnaval foram as festas de rua portuguesas, que consistiam em jogar farinha, ovo e tinta nas pessoas no meio da folia. Mas, ao longo do tempo, a festa foi sofrendo cada vez mais influências do folclore indígena e da cultura africana. E, tudo isso junto, acabou desencadeando o carnaval que a gente conhece hoje – comemorado em todo o país, mas, diferente em todo canto; o Rio é famoso pelos desfiles de escola de samba, a Bahia pelos trios elétricos e festas intensas e animadas, e Minas, São Paulo e Pernambuco pelos carnavais de rua.

Ainda não se sabe ao certo a exata origem do carnaval, mas, ao que tudo indica, tudo começou na Grécia por volta de 520 a.C, com uma festa em que a intenção era apenas se divertir e celebrar a chegada da primavera e a fertilidade – mas tudo regado à muito vinho! Já o nome, Carnaval, vem de “Carne Vale”, e está diretamente ligado ao fato da festa anteceder a quaresma – o período de privação – como se fosse uma despedida dos pecados da carne.
 

Hoje o carnaval é comemorado no mundo inteiro – e, sabendo que a gente já conhece as tradições brasileiras, deem só uma olhada nas diferentes maneiras de alguns países de comemorar a data:
 

Na Suíça, as 4h da manhã do dia de carnaval, todas as luzes se apagam e as pessoas desfilam pelas ruas com lanternas, tambores e muita música! Já no Equador, é de costume que as pessoas saiam jogando balões de águas uns nos outros e até em pessoas desconhecidas, junto aos carros alegóricos que são feitos com flores e frutas. O Canadá é conhecido pelas suas baixas temperaturas e, por lá, eles aproveitam a neve para montar esculturas e fazer pesca no gelo; além disso, o carnaval canadense conta com paradas noturnas e shows musicais. Na França, bonecos gigantes feitos de papel machê desfilam nas ruas ao lado de carros alegóricos. E, sabe o que é o mais curioso? No Japão a festa é completamente inspirada pela nossa: carros alegóricos com ala das baianas, samba em português e passistas enchem as ruas do país.

Especial Carnaval: Playlist

E, continuamos por aqui com o nosso especial de carnaval.
Não tem jeito melhor de entrar no clima da festa do que escutando as músicas que prometem bombar no carnaval 2017, né? Pra já ir decorando as letras e ensaiando os passinhos pra arrasar na hora H!
Por isso, separei pra vocês o top 5 das músicas que prometem ser sucesso e tocar o tempo inteiro nesse carnaval. Qual a preferida de vocês?
 

 

 

 

 

Especial Carnaval: Ideias de Fantasias + Customizando o Abadá

Galera, o carnaval tá quase chegando! Quem aí tá animado pra folia? E quem já sabe qual fantasia vai usar?
Bom, pra ajudar vocês a tomar essa decisão, e até pra dar novas ideias para quem ainda não tem nenhuma, trouxe hoje aqui no blog algumas dicas de fantasias para curtir sem perder o charme.São fantasias praticas, que dá pra a gente montar com o que tem em casa, adicionando apenas alguns acessórios – mas ficam de arrasar.
 

Uma super dica é: os unicórnios e as sereias estão bombando no momento e um dos acessórios que mais estão fazendo sucesso são as tiaras de unicórnio e as coroas de sereia. Ou seja, super dá pra colocar um desses acessórios na cabeça e combinar com uma roupa que você já tenha em casa – fica simples e lindo!
 

Mas, nem só das fantasias se faz o carnaval… se você vai pra alguma festa ou algum bloquinho é bem provável que o abadá seja o traje obrigatório – mas não é por isso que a roupa precisa ser sem graça e igual a de todo mundo! Não é de hoje que todo mundo capricha na customização do abadá, cortando um pouquinho aqui, colocando um pouco mais de tecido ali, adicionando paetês e strass… As opções são muitas, e, por isso trouxe pra vocês algumas referências para servir de inspiração na hora de montar o seu!

Baile da Vogue 2017

Ontem à noite rolou simplesmente o mais badalado e aguardado baile de carnaval do Brasil: a 14ª edição do Baile da Vogue, no luxuoso Hotel Unique, em São Paulo!

O Baile da Vogue é um evento tradicional, que acontece todo início de ano, antecedendo o carnaval, como um esquenta pra folia. Organizado pela publicação de moda mais importante e relevante do mundo – a Vogue – a festa é conhecida por selecionar à risca as mais badaladas celebridades do momento, reunindo cerca de mil convidados todos os anos. Vale lembrar que, se é comum que as celebridades ganhem cachês para marcar presença VIP em eventos por aí, com o Baile da Vogue acontece exatamente o contrário: ser convidado pra festa é uma honra! Um curiosidade interessante é que, pela primeira vez em quatorze anos, em uma festa tão seleta, o Baile da Vogue colocou a pequena quantia de cem ingressos à venda.
E, pra quem não sabe, todos os anos é escolhido um tema para o baile – que irá marcar presença na decoração da festa e nos looks das celebridades. Se ano passado o tema fora África Pop, o desse ano não podia ser mais atual e condizer com um assunto que esteve em pauta constantemente pela internet afora nos últimos tempos: Lady Zodiac, celebrando o zodíaco, os signos e os astros.
Honrando o tema, a Vogue elegeu treze musas para representar no baile cada um dos signos do zodíaco: Cléo Pires de Libra, Vanessa da Mata de Aquário, Mariana Ximenes de Touro, Bruna Marquezine de Leão, Adriane Galisteu de Áries, Luciana Gimenez de Escorpião, Claudia Raia de Capricórnio, Giovanna Ewbank de Virgem, Claudia Leitte de Câncer, Taís Araújo de Sagitário, Giovanna Antonelli de Peixes, e Ana Beatriz Barros e Fernanda Motta de Gêmeos. Lembrando que Claudinha e Giovanna Ewbank deram o que falar por estar com o look bem parecido!

Outra presença que deu o que falar e foi de grande destaque da noite foi do ator britânico Ed Westwick, mais conhecido como o eterno Chuck Bass de Gossip Girl. O ator estava no Brasil e aproveitou para curtir a noite no baile, e não deixou a simpatia e a empolgação de lado, dizendo que ia se divertir muito e que “Todo mundo é muito amigável”. Fofo, né?

Destaque, também, pra decoração da festa, que tinha referências ao tema espalhadas por todo o lugar. As luzes ao alto das paredes, representando as estrelas, deram um charme mais do que especial ao evento. Menção de honra pras garrafas de Chandon com layout especial só pro baile. Olha só que demais:

O baile ainda contou com apresentações musicas de arrasar: Anitta (que deu o que falar com o seu look fio-dental), Durval Lélys, Barbara Fialho e bateria de escola de samba.

Ainda falando em música, o site oficial da Vogue divulgou que a Radio Ibiza montou uma Playlist especial pra festa, com músicas seguindo o tema da noite. Dá pra você ouvir aqui e entrar no clima do baile
 
E, pra finalizar, deixo com vocês mais alguns looks caprichados, já que a moda é tão importante nesse evento organizado pela revista onde este é justamente o tema central. Lembrando que, apesar de ser dado um tema para o traje da noite, não é obrigatório que as celebridades sigam à risca – é apenas uma sugestão para deixar tudo mais divertido e carnavalesco! Confiram aí:

#DicaDeFilmes: Edição Oscar

Tá chegando! Ainda esse mês acontece a maior premiação do mundo do cinema: o Oscar! E, pra já entrar no clima da festa, nessa edição do #DicaDeFilmes vou indicar para vocês alguns dos filmes que já ganharam o prêmio máximo da academia, o de Melhor Filme. Bora conferir?
 

Spotlight – Segredos Revelados (Vencedor em 2016)
Vamos começar com o ganhador mais recente do prêmio! Spotlight surpreendeu a todos ao levar a estatueta – isso porque o preferido absoluto ao prêmio em 2016 era “O Regresso”.  O filme conta a história de um conhecido caso investigado pela a equipe do jornal The Boston Globe (chamada Spotlight) em 2001, que teve sua publicação vencedora de um Prêmio Pulitzer de Serviço Público na época. Ele acompanha os bastidores do jornalismo investigativo e árdua busca da equipe Spotlight sobre os possíveis casos de abuso na Arquidiocese de Boston. O interessante é que a equipe abre um caso que havia sido fechado há tempos pela polícia e consegue provar a verdade pra sociedade, lidando não apenas com a justiça, mas também com as crenças de todos.
 

O Discurso do Rei (Vencedor em 2011)
Baseado em fatos reais, O Discurso do Rei conta a história de superação do Rei George VI, que é gago desde os quatro anos. Seu problema de fala é um problema, pois, sendo membro da realeza britânica, George precisa fazer discursos frequentemente. Para ajuda-lo, sua esposa, Elizabeth, o leva até um terapeuta de fala chamado Lionel Logue. O interessante é que Lionel acaba se tornando amigo de George, e, com métodos nada convencionais, ele ajuda o rei a adquirir autoconfiança necessária para o maior discurso de sua vida: assumir a coroa. Um fato interessante é que o filme contem fatos extraídos diretamente dos diários de Lionel Longue, que foram encontrados apenas nove semanas antes do inicio das filmagens!
 

Crash – No Limite (Vencedor em 2006)
Crash mostra uma sociedade marcada pelo preconceito entre negros, brancos, mulçumanos, latinos, pobres e ricos. Tudo começa quando dois assaltantes negros roubam o carro de Jean Cabot, uma garota branca e rica. O que era pra ser só um roubo culmina em um acidente, o que acaba aproximando e colocando em conflito vários moradores de Los Angeles das mais diversas origens étnicas e classes sociais. O filme critica o racismo, tão presente nos estados Unidos, e mostra como a convivência pode acabar eliminando os preconceitos.
 

Shakespeare Apaixonado (Vencedor em 1999)
O filme conta a história de William Shakespeare, retratado como um jovem que está com um bloqueio criativo para escrever uma peça. Ele acaba conhecendo Viola De Lesseps, uma garota que sonha em atuar. Ele acaba se apaixonando por Viola, e ela o inspira pra escrever sua peça: nada mais, nada menos que Romeu e Julieta. Ela começa a ajuda-lo a ensaiar a sua peça, porém, naquela época, era proibido que uma mulher atuasse; e os problemas começam quando a família de Viola arranja o seu casamento com Lode Wessex, e ela e Shakespeare começam a viver um amor proibido.
 

Titanic (Vencedor em 1998)
Não dá pra falar em vencedores ao Oscar sem citar Titanic, né? Pra quem ainda não conhece, o filme conta a história de Rose e Jack, dois jovens que estão abordo do transatlântico Titanic em sua primeira viagem pelo oceano. Rose é uma garota rica que está com o casamento marcado, e Jack é um garoto pobre que acabou ganhando sua passagem em uma aposta. Os dois acabam se apaixonando e vivendo um romance escondido; e, a situação se complica ainda mais quando o navio se choca com um iceberg, provocando o naufrágio do navio, o que, até então, era considerado impossível.