Alimentação Saudável: Grãos

Os grãos são uma boa opção para tornar uma alimentação saudável de uma forma menos radical. Isso porque dá pra a gente inclui-los nos alimentos que nós já comemos no dia a dia: em iogurtes, saladas, com frutas, com leite… Do jeito que você preferir!
Por isso, hoje vou contar pra vocês os vários benefícios que esses grãos podem trazer para o nosso corpo. Dá só uma olhada:
 

AVEIA
Esse grão, quando colocado ao lado da água, é capaz de eliminar a gordura arterial e impedir que o intestino a absorva – o que acaba ajudando a prevenir o colesterol. Sem contar que a aveia é rica em fibras, vitaminas e causa sensação de saciedade!
 

LINHAÇA
A linhaça também traz vários benefícios à saúde: ela regula o intestino, diminui a ansiedade e ajuda a diminuir e desinflamar as células de gordura. Quer mais? Se você consumir uma quantidade moderada (cerca de uma colher) por dia, a linhaça ajuda a reduzir até a celulite!
 

QUINOA
A quinoa é uma ótima fonte de proteína, minerais, aminoácidos e cálcio. Além disso, tem uma boa quantidade de vitaminas B, D e E. Esses fatores fazem com que a quinoa auxilie no funcionamento do intestino e ajude na imunidade do nosso corpo.
 

CHIA
A semente de chia é rica em cálcio, ômega 3, zinco e vitamina A. O consumo dela combate a diabetes, a hipertensão, o envelhecimento precoce da pele, auxilia a imunidade, melhora o olfato e a visão e ainda é uma ótima fonte de ferro!
 

Mas, galera, é importante lembrar que, em grande parte, os grãos têm um valor calórico alto – por isso, é sempre indicado que a quantidade ingerida seja moderada, ok?

Bandana: Os Vários Jeitos de Usar a Tendência

E lá vamos nós falar das tendências resgatadas dos anos 90 que pareceram tomar esse ano por completo! A peça da vez é a bandana. Quem aí curte?
A bandana era um acessório muito usado por quem seguia o estilo mais rocker, né? Mas ela voltou com tudo e invadiu o guarda-roupa de todas as fashionistas e está em alta mais do que nunca. Isso porque é um acessório simples, fácil de combinar, que dá uma super levantada e incrementada naqueles visuais mais básicos e ainda dá pra usar de diversas formas.
No pescoço, na cabeça, amarrada no pulso, para prender o cabelo, na bolsa, como cinto… as possibilidades são infinitas! Dá só uma olhada nessa seleção de inspirações:
 

Curtiram? Quem aí se animou de usar?

Incluindo a Moda Na Decoração

Quem ai já pensou em incrementar a decoração com itens do guarda-roupa e declarar ainda mais o amor à moda?

É isso mesmo, galera: as nossas roupas e acessórios não precisam ficar escondidas dentro do armário – elas podem muito bem compor a decoração do quarto, ganhando um lugar especial nas paredes, estantes, nichos, prateleiras…
A gente pode ver que esse truque está em alta pelas várias referências recorrentes no pinterest, we heart it e tumblr – sites que ajudam a ditar tendência. A ideia é pegar aquelas peças queridinhas, mais bonitas e arrumadinhas, e coloca-las à vista das mais diversas formas.
Roupas podem aparecer penduradas em araras e em cabides na parede. Sapatos e chapéus, colocados em estantes e em cima de móveis e caixas. Pulseiras, colares, cintos e echarpes podem ser postos em ganchos.
As opções são várias e dá pra escolher aquela que mais combina com você e que se encaixa melhor nos limites do seu ambiente. Uma boa dica é manter esses itens sempre em uma paleta de cores que converse entre si, para que o visual não fique com muita informação.
 

Bora conferir algumas inspirações?

Como Fazer: Coque Despojado

Oi galera! O post de hoje é pra dividir um pouquinho mais do meu estilo com vocês: vou ensinar como fazer esse coque bagunçadinho pelo qual eu tô simplesmente apaixonada e usando sempre!

O coque é um penteado coringa, atemporal e muito versátil: ele pode compor um look mais despojado tão bem quanto compõe um look de festa – basta dar uma pequena mudada na hora de prender. Bem como serve pra todos os tipos de cabelo, ajuda quando a gente tá com aquela preguicinha de produzir super os fios, né?
 

É bem simples de fazer, gente:
Comece separando duas mechas bem na frente. Elas devem ter mais ou menos dois dedos de largura. Elas vão ficar soltinhas ao lado do rosto, pra dar um ar mais bagunçadinho e um charme a mais.
 

Pegue a primeira mecha do topo da cabeça, logo atrás das duas que acabamos de separar. Puxe-a pra cima e, com um pente, comece a desfia-la, penteando os fios no sentido contrário. Isso vai ajudar a manter aquele pequeno topetinho na cabeça em pé e com mais volume!
 

Agora é hora de puxar todo o cabelo pra trás (exceto as duas mechinhas!). Enquanto estiver puxando, tenha certeza de que você está também colocando os fios pra cima, porque a gente vai prende-los no topo na cabeça, já que esse é um coque alto.
 

Com tudo no lugar, escolha um jeito de prender da sua preferência: grampos ou elástico. Lembre-se: nada de apertar muito! A gente tem que prender de maneira que o cabelo fique meio frouxo.
 

Com o cabelo já preso, é hora de deixar o penteado desfiado, com essa cara de podrinho. Pra isso, é só puxar alguns fios aleatórios do coque, soltando-os aos poucos. Aí vai de você: se você gosta de um visual mais desarrumadinho, pode caprichar nessa parte e soltar varias mechas. Se não, é só maneirar.

Prontinho! O penteado tá pronto. Bem fácil de fazer, vocês não acham?
Gostaram? Não se esqueçam de me contar nos comentários se vocês conseguiram reproduzir por aí!

#DicaDeFilmes: Edição Nacionais

Oi galera! Chegou a hora de indicar mais alguns filmes pra vocês… e, dessa vez, a gente vai falar dos filmes nacionais, para lembrar que as produções brasileiras também merecem atenção e que tem muita coisa boa por aí!
 

HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO
O filme conta a história de Leonardo, um estudante que está passando pela sua adolescência com algumas dificuldades: ele é cego, tem uma mãe super protetora e está em dúvida quanto a sua sexualidade. Com a ajuda de seus amigos, Giovanna e Gabriel, ele lida com os preconceitos e, aos poucos, descobre mais sobre si mesmo.  O filme tem uma narrativa muito gostosa de acompanhar e mostra de um jeito super simples, com um toque de drama e humor, como é passar por uma fase já tão conturbada quanto a adolescência.
 

QUE HORAS ELA VOLTA?
“Que Horas Ela Volta?” acompanha a vida de Val, uma pernambucana que se muda para São Paulo para trabalhar como empregada doméstica e tentar um vida melhor, afim de dar mais condições de vida à sua filha, Jéssica. O filme foca nos conflitos que acontecem entre Val e seus patrões de classe média, criticando a desigualdade e o preconceito na sociedade brasileira. Um tema muito delicado, colocado de uma forma inteligente e simples. Em 2015, o filme foi escolhido pelo Ministério da Cultura para representar o Brasil na disputa do Oscar. No final do mesmo ano, foi eleito um dos cinco melhores filmes estrangeiros pela National Board Review e escolhido como filme do ano pela Associação Brasileira dos Críticos de Cinema. Vale a pena assistir!
 

CAZUZA: O TEMPO NÃO PARA
Quem já curte as músicas de um dos maiores cantores do nosso país não pode deixar de conferir esse filme! Ele acompanha a vida – profissional e pessoal – do Cazuza, desde o início da sua carreira, em 1981, até sua morte em 1990, passando pelo Barão Vermelho, a carreira solo, o conflito com os pais, o mundo das drogas e a sua luta contra a Aids. Um filme emocionante recheado com ótimas músicas!
 

O LOBO ATRÁS DA PORTA
Esse é pra quem curte suspense! O filme gira em torno de um drama policial: uma criança desaparece e isso faz com que os seus pais compareçam a uma delegacia para prestar depoimentos sobre o caso. Descobre-se que o homem tinha uma amante, que também é chamada para depor. A gente acompanha a investigação do caso e vai conhecendo um pouco mais sobre as personagens e a história de cada um, envolvendo amor, vingança, mentiras e ciúmes. “O Lobo Atrás da Porta” está na Lista dos 100 Melhores Filmes Brasileiros segundo a Abraccine.
 

EDIFICO MASTER
“Edifício Master” é um documentário que conta o dia a dia dos moradores de um edifício de 12 andares e 500 moradores, localizado em Copacabana, no Rio de Janeiro. São pessoas comuns, vindas dos mais diferentes lugares, com as mais diferentes idades, contando suas histórias de vida. Faz a gente perceber quantas diversas e incríveis histórias residem ali, no mesmo local.