A Primeira Tatuagem

Gente, que eu amo tatuagens vocês já sabem né? rsrs E muitas de vocês me mandam mensagens pedindo pra eu dar algumas dicas para quem vai fazer a primeira tattoo… e, como o pedido de vocês é uma ordem, é justamente sobre isso que vamos falar hoje.
 

 

Escolhendo o estúdio e a tatuagem
 

Antes mesmo de começar a pensar no desenho, um ponto muito importante é escolher o seu tatuador e o estúdio em que você vai fazer. A tatuagem é, na verdade, um machucado feito na pele, e os riscos de doenças e infecções são muitos. Então, é SUPER importante que o local escolhido tenha o certificado da ANVISA – o que garante que ele segue todas as normas e regulamentações de higiene.
 

Para escolher o tatuador, é interessante que você pesquise o trabalho dele antes. A maioria dos estúdios e dos profissionais tem perfis nas redes sociais, como o Instagram e o Facebook, e sempre divulgam seu trabalho por lá. É legal dar uma conferida pra saber se você realmente gosta do traço daquele tatuador e se ele é especializado naquilo que você quer fazer.
 

Escolher a arte que você vai tatuar também não é tarefa fácil. Mas você deve lembrar que é algo que vai ficar marcado em sua pele pra sempre, então, é importante ter certeza absoluta de que é aquilo que você quer fazer. Tá sem ideias do que fazer? Sites como o We Heart It, Tumblr, Pinterest e até o Instagram são recheados de inspirações – você pode procurar por lá!
 

Dói muito?
 

Esse é um dos maiores medos de quem vai fazer a primeira tatuagem, né galera? Bom, a dor varia muito de pessoa pra pessoa e também conforme o lugar do corpo! Olha só esse guia publicado pela revista Galileu:
 

– Lateral do bíceps, antebraço, ombros na parte da frente, glúteos, coxas na parte lateral e traseira e panturrilha:  Áreas recomendada para os iniciantes. Aqui, as tatuagens doem em um nível suportável.
 

– Coxas na parte da frente e do meio e a parte de trás dos ombros: também para iniciantes. A tolerância é um pouco menos do que os pontos mencionados aqui em cima, mas nada que você não aguenta. O ombro, no entanto, é uma área que demora mais para cicatrizar, porque a pele é mais solta já que é uma área que faz bastantes movimentos.
04
 

– Cabeça, rosto, clavícula, joelhos e cotovelos, mãos, pescoço, pés, peito e a parte de dentro das coxas: vai doer. Nessas áreas, a pele é mais fina e sensível, e você vai precisar de mais concentração para chegar ao fim da sessão. Especialmente nos joelhos e cotovelos, os nervos ficam muito próximos da superfície da pele, então não se sinta mal se você não aguentar a dor. Nas mulheres, tatuar o peito dói menos do que nos homens. Isso ocorre porque a pele feminina é mais esticada na região. No caso deles, por mais que a dor seja maior, a tatuagem será mais rápida pelo mesmo motivo.
 

– Costelas, quadril, estômago, parte interna dos joelhos, axilas, parte de dentro do cotovelo, mamilos, lábios, virilha e genitais: só para os fortes. Nessas áreas, é normal chorar para ser tatuado e não se recomenda que iniciantes comecem por nenhuma delas. Algumas pessoas chegam a desmaiar de dor. A pele esticada e mais fina nessas regiões pode exigir sessões múltiplas pra atingir um resultado com cores vivas e traços nítidos, e a cicatrização também dói mais.
 

Dicas
– As mulheres ficam mais sensíveis à dor um pouco antes e durante o período menstrual – então, uma boa ideia é não marcar a sessão nesses dias.
– Usar hidratante todos os dias na área que vai ser tatuada por pelo menos uma semana antes de a tatuagem ser feita ajuda a pele a ficar mais macia, saudável e vai ajudar ela a lidar melhor com as lesões da agulha.
– Evite o sol nesse período! Ele resseca e pode escamar a pele, o que prejudica a tattoo.
– Uma das possíveis infecções causadas pela tatuagem é o tétano – então é importante estar com a vacinação em dia!
 

13 comentários em “A Primeira Tatuagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *