Guia do Curvex

Galera, isso aqui até eu fiquei surpresa em saber: vocês sabiam que existem diferentes tipos de curvex indicados para diferentes tipos de cílios?

Já sabemos que o uso do aparelho deve ser feito com cuidado, já que há o risco do acessório acabar quebrando os cílios. Além disso, os dermatologistas indicam que a troca da borrachinha deve ser feita semestralmente e a limpeza do objeto, frequente. É um produto que entra em contato muito próximo com os olhos e, por isso, é essencial que esteja bem cuidado e higienizado.
 

Mas gente, vocês sabiam que os curvex convencionais, são indicados apenas para os cílios médios e longos? Isso porque a curvatura dos cílios tende a pegar mais nesses tipos de cílios e, quando muito curtos, o curvex comum não consegue se encaixar e curvar os cílios tão bem – sem contar o fato do risco de machucar as pálpebras.

O mais indicado, para os cílios mais curtos, são os curvex térmicos! Ele consegue modelar os fios com menos contato e atingir até os pelinhos mais difíceis de modelar. Ainda assim, manusear um desses deve seguir os cuidados indicados, mas a garantia de eficácia é certa!

Um comentário em “Guia do Curvex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *