Sem roteiro

Bepantol e Seus Benefícios

Galera, hoje eu vou falar de um produto que vem sendo apontado como queridinho de todos quando o assunto é hidratação: o Bepantol!
 

Isso mesmo: aquela pomadinha que encontramos em qualquer farmácia e que, até um tempo atrás, era utilizado para cuidar das assaduras de bebê! Olha só:
 

Pele: Essa é uma das funções mais conhecidas do produto: hidratar a pele. Ele funciona bem pra isso porque contém a vitamina B5, que possui ação regeneradora e hidratante. Além disso, o Bepantol pode ajudar a clarear manchinhas indesejadas da nossa pele – isso porque ele acelera a produção de células na área aplicada, fazendo com que a pele se renove em um ritmo mais acelerado.
 

Cabelos: O produto também ajuda a dar aquela hidratação power para os cabelos. Você pode usar o produto direto nos fios ou até misturar com o seu condicionador!
 


Lábios: O Bepantol é muito indicado para tratar os lábios ressecados e é uma ótima opção para substituir o lip balm! O produto até foi lançado no formato de um batom para ajudar na aplicação.
 

Unhas: Isso mesmo, gente! Ele ainda é indicado para fortalecer as unhas, acabando com aquelas escamações indesejadas e para hidratar as cutículas.
 

Estrias: O produto é indicado para evitar estrias, pois entre seus componentes estão a glicerina e a centella, que prometem ajudar tal situação.
 

Mil e uma utilidades!

Dicas Para Cair no Sono

Alguém aí tem dificuldade pra cair no sono? Sempre tem aquele dia que a gente simplesmente não consegue dormir, apesar de estar se sentindo com sono – e, geralmente, o problema é que a nossa cabeça está preocupara demais com algo, nos impedindo de relaxar.
Mas atenção: se a dificuldade for muito grande e aparecer todos os dias, pode ser insônia, e o mais indicado é que se procure um neurologista para te tratar da melhor forma.
 

É importante lembrar que uma boa noite de sono é indispensável para manter a saúde em dia: além de descansar, dormir é responsável por renovar e restaurar o nosso organismo de um dia pro outro, assim como nos ajudar a guardar na mente toda a informação que recebemos durante o dia.
 

Pra quem tem essa dificuldade, vocês sabiam existem alguns truques que podem acabar nos ajudando a pegar no sono? Alguns tenho certeza de que vocês já ouviram falar e outros parecem um tanto inusitados! Bora conferir?

  • Respirar profundamente e focar a mente apenas nisso pode ajudar! Tente contar quantas vezes você inspira e expira – isso vai te ajudar a pensar exclusivamente nisso. Essa técnica força nosso corpo a relaxar e ameniza as batidas do coração, nos fazendo cair no sono.
  • Tente imaginar um cenário agradável, que te transmita paz, e tente criar uma história dentro dele. Assim, você vai se prender apenas na sua imaginação e na cena relaxante que você criou, se distraindo dos problemas do dia a dia.
  • Você pode tentar contrair e relaxar todos os músculos do seu corpo várias vezes. Isso vai ajudar você a tirar a tensão do corpo e fazer com que você relaxe mais facilmente.
  • Sabe aquela velha história de “contar carneirinhos”? A dica é, em vez disso, contá-los sempre dobrando o valor que acabou de contar. Por exemplo: 1,2, 4, 8, 16, 32, 64. A intenção é que, uma hora você se perca na contagem e seja obrigado a começar tudo novamente. Isso porque alguns jogos matemáticos mantêm a nossa mente ocupada e acabam nos distraindo.
  • Essa pode ser a mais difícil pra uma grande maioria: deixe os aparelhos eletrônicos de lado! Vocês sabiam que a luz azul que sai deles interfere no sono? Isso porque nosso organismo é inclinado a pensar que está de dia.

Qual Tratamento o Meu Cabelo Precisa?

Muitas vezes a gente sente e vê que o nosso cabelo está danificado, mas não sabe o que fazer quanto a isso – ou até tenta mil e uma hidratações, mas o problema continua ali, não é mesmo?
 

Isso acontece porque a hidratação não é a única necessidade dos nossos fios, e é preciso entender a necessidade deles antes de fazer qualquer procedimento.
O interessante é que existe um truque super fácil que pode te ajudar a descobrir o que seu cabelo precisa – e você pode fazê-lo em casa!
 

É só você pegar um copo com água em temperatura ambiente e pegar um fio de seu cabelo – mas ele precisa estar limpinho, sem produto algum. Agora, é só analisar:
 

Se o seu cabelo afundar: Seu cabelo é altamente poroso – os cabelos desse tipo tem uma textura instável, não tem brilho e embaraçam facilmente. Significa que você precisa fazer uma reconstrução capilar.
 

Se o seu cabelo boiar: Seu cabelo tem baixa porosidade – os fios tem a cutícula bem fechada, o que dificulta que os produtos penetrem. Você precisa, então, de hidratação.
 

Se o cabelo não afundar e nem boiar – ficar no meio: A porosidade do seu cabelo é normal. Isso significa que o seu fio está saudável e ele recebe bem os produtos. Para melhorar ainda mais, você pode nutrir os fios.
 

Existem produtos dedicados a cada uma dessas necessidades, e agora, você já sabe como escolher o mais indicado para o seu cabelo! 😉

Descobrindo o Meu Sub Tom

Você sabe qual o sub tom da sua pele? Essa é uma dúvida muito comum que pode acabar atrapalhando muitas de nós na hora de, por exemplo, escolher uma cor de base. Isso porque os tons costumam seguir duas linhas: os tons amarelados e os tons rosados.
 

E, pra quem não sabe, o sub tom não é o mesmo que a cor da pele! Ele se refere à cor de fundo, que, como diz o nome, fica embaixo da nossa pele e não tem nada a ver com etnia.
 

Mas, como descobrir qual o meu sub tom?
Existem algumas dicas e truques fáceis que podem ajudar você a identificar isso. Olha só:

Uma forma de descobrir é analisar como fica a sua pele após tomar sol. Se ela tende a ficar avermelhada, o seu tom é rosado. Mas, se o seu bronzeado fica dourado, o seu tom é amarelado.

Outro teste possível é analisar o contraste com os seus acessórios. Escolha dois: um prata e outro dourado, e posicione-os sob sua pele. Caso a sua pele se harmonize mais com o dourado, ela é amarelada. Se for com a prata, é rosada.

A cor das suas veias também pode ser um indicativo. Se elas forem esverdeadas, sua pele é amarelada. Já se forem azuladas ou arroxeadas, sua pele é rosada.
 

É importante lembrar que as peles amareladas são chamadas de “quentes”, enquanto as rosadas são chamadas de “frias”.
Se ainda assim você não conseguiu identificar o seu sub tom, dá só uma olhadinha nesse guia aqui:
 

Cuidando da Saúde dos Seus Dentes

Oi pessoal!
Hoje a gente vai falar de algo muito importante, tanto pra nossa saúde quanto esteticamente: o cuidado com os dentes!
 

Vocês sabiam que existem alguns hábitos que podem ser prejudiciais pra nossa saúde bucal e pro nosso sorriso? E aposto que vocês nem imaginam que essas situações do dia-a-dia tinham essas consequências. Deem só uma olhada:
 

Você escova os dentes logo depois de comer? Esse é um habito que pode estragar os dentes! Isso acontece porque alguns alimentos são ácidos, o que deixa os nossos dentes mais propensos a perda de cálcio – o que só piora com a escovação. O recomendado é esperar de 20 a 30 minutos, que é o tempo necessário para esse ácido ser neutralizado.
 

A gente sabe que roer as unhas é um habito ruim e que traz vários malefícios, né? As bactérias que contém nas unhas podem causar infecções digestivas e na boca.
 

Olha só essa, gente: nadar na piscina! Isso porque a o cloro pode ser prejudicial para o esmalte dental. Mas isso só se torna um problema para quem fica de 5 a 6 horas na água.
 

Um dos piores hábitos é utilizar os dentes como ferramentas. Por exemplo: para destampar garrafas, abrir embalagens, cortar fios, rasgar um plástico, entre outros. Isso pode desgastar, quebrar e fazer fissuras nos dentes.
 

Mastigar cubos de gelo também é proibido! Você pode fraturar os dentes ou gerar rachaduras – e o risco é maior pra quem tem qualquer tipo de implante.
 

Até a maneira que a gente escova os dentes pode interferir! O ideal é que se faça sempre os mesmos movimentos em todas as escovações e que elas durem, no máximo, 2 minutos!